Obras do pedágio da MG-050 estão a todo vapor
A previsão de que os pedágios na MG-050 comecem a serem cobrados é a partir do mês de junho. Para que isso aconteça, o alargamento, asfaltamento e pintura da pista estão sendo feitos e alguns trechos a obra estão em fase de conclusão.
Ao longo da rodovia, serão seis praças de pedágio e a assessoria de comunicação da Concessionária Nascentes das Gerais, responsável pela Parceria Público Privada (PPP) da MG-050, informa que quatro delas, no quilômetro 219,9 em Formiga, em Capitólio no quilômetro 270,7, Rio Conquista no quilômetro 333 e São Sebastião do Paraíso quilômetro 389,2 estão em fase de conclusão
Ainda de acordo com a assessoria de comunicação, a obra da praça no quilômetro 140,5 em Córrego das Colheres está em andamento e a do quilômetro 81 em Azurita ?depende apenas da solução de aspectos que envolvem a desapropriação de área particular? e que a estrutura existente no quilômetro 76, entre Azurita e Mateus Leme, não será aproveitada..
O contrato de concessão, segundo a assessoria de comunicação, prevê que o pedágio seja implantado a partir de 13 de junho deste ano. O valor previsto em edital é de R$ 3,00, base dezembro de 2005 e a tarifa será reajustada de acordo com índice IPCA/IBGE quando for iniciada a arrecadação.
Ao longo dos 25 anos em que a Concessionária será responsável pela administração da rodovia, a empresa vai investir um total de R$ 712 milhões na MG-050, com uma contrapartida mensal do governo do Estado de R$ 658 mil. No primeiro ano, serão investidos R$ 49,16 milhões. De 2008 até o 11o ano, quando as grandes obras estarão concluídas, os investimentos somarão R$ 425,26 milhões.
A concessão ainda prevê bases operacionais onde ficarão viaturas do Corpo de Bombeiros, socorro mecânico com serviço de guincho gratuito. Segundo a assessoria de comunicação, também será implantado o sistema de inspeção de tráfego com comunicação simultânea entre a sede da concessionária, Polícia Militar Rodoviária e Corpo de Bombeiros.

Imprimir
Comentários