Ônibus é incendiado por criminosos em Formiga

Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: represália penitenciária.

Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: represália penitenciária.

Um crime que tem se tornado comum nos grandes centros foi reproduzido em Formiga na noite de segunda-feira (2). Por volta das 23h, um ônibus de transporte público foi incendiado na rua Ricardo Rocha, localizada no bairro Rosa Mística.
De acordo com informações do motorista do ônibus, de 33 anos, ao transitar pela referida rua, ele ouviu um forte estouro e reduziu a velocidade do veículo para ver o que havia acontecido, quando foi surpreendido por aproximadamente 20 indivíduos. Alguns deles empunhavam armas de fogo de cano longo.
Parte dos criminosos entrou no veículo e exigiu que todos os passageiros, o motorista e o cobrador descessem imediatamente, dizendo ainda, que todos levassem seus pertences pois eles não queriam roubar nada de ninguém.
Ainda de acordo com o relato do motorista, ao descer do ônibus, ele observou quando os criminosos jogaram gasolina e atearam fogo no veículo. Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: represália penitenciária.
Após o crime, todos os envolvidos fugiram do local, por uma trilha em um matagal próximo a rua Ricardo Rocha.
Uma testemunha que estava no coletivo no momento do crime confirmou toda a versão do motorista e ainda acrescentou que antes de colocarem fogo no ônibus, o bando efetuou vários disparos de arma de fogo contra os vidros do veículo.
Nenhuma das testemunhas conseguiu identificar os autores que estavam com os rostos cobertos durante toda a ação que durou poucos minutos.
A Polícia Militar foi acionada e todo o contingente da unidade foi deslocado para cobrir a ocorrência. Viaturas do Corpo de Bombeiros compareceram ao local para conter o fogo.
Durante rastreamento em busca dos autores do crime, policiais encontraram uma bicicleta branca escondida dentro de uma casa em construção, ao lado do local do incêndio. A referida bicicleta foi reconhecida pelos militares da Guarnição Tático Móvel como de propriedade de um menor infrator, bastante conhecido no meio policial por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e região, além de ser também autor de um homicídio em Formiga.
Foi intensificado o rastreamento policial no bairro Nossa Senhora de Lourdes, onde o menor foi abordado na rua Inhazinha Pires, sendo ele submetido à busca pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado com ele.
Ao final da ação policial, o menor foi apreendido e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil onde foi repassado para a autoridade policial competente.
Nesta terça-feira (3), a Polícia Militar está realizando uma grande operação em continuidade ao rastreamento iniciado na noite do crime.
Segundo informações da Polícia Militar, também serão realizadas operações a partir desta noite e nos próximos dias por tempo indeterminado, visando aumentar ainda mais a segurança da população.

Imprimir
Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Ônibus é incendiado por criminosos em Formiga

Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: “represália penitenciária”.

Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: "represália penitenciária".

 

Um crime que tem se tornado comum nos grandes centros foi reproduzido em Formiga na noite de segunda-feira (2). Por volta das 23h, um ônibus de transporte público foi incendiado na rua Ricardo Rocha, localizada no bairro Rosa Mística.

De acordo com informações do motorista do ônibus, de 33 anos, ao transitar pela referida rua, ele ouviu um forte estouro e reduziu a velocidade do veículo para ver o que havia acontecido, quando foi surpreendido por aproximadamente 20 indivíduos. Alguns deles empunhavam armas de fogo de cano longo.

Parte dos criminosos entrou no veículo e exigiu que todos os passageiros, o motorista e o cobrador descessem imediatamente, dizendo ainda, que todos levassem seus pertences pois eles não queriam roubar nada de ninguém.

Ainda de acordo com o relato do motorista, ao descer do ônibus, ele observou quando os criminosos jogaram gasolina e atearam fogo no veículo. Com o coletivo já em chamas, os integrantes do bando começaram a gritar, repetidamente, os seguintes dizeres: “represália penitenciária”.

Após o crime, todos os envolvidos fugiram do local, por uma trilha em um matagal próximo a rua Ricardo Rocha.

Uma testemunha que estava no coletivo no momento do crime confirmou toda a versão do motorista e ainda acrescentou que antes de colocarem fogo no ônibus, o bando efetuou vários disparos de arma de fogo contra os vidros do veículo.

Nenhuma das testemunhas conseguiu identificar os autores que estavam com os rostos cobertos durante toda a ação que durou poucos minutos.

A Polícia Militar foi acionada e todo o contingente da unidade foi deslocado para cobrir a ocorrência. Viaturas do Corpo de Bombeiros compareceram ao local para conter o fogo.

Durante rastreamento em busca dos autores do crime, policiais encontraram uma bicicleta branca escondida dentro de uma casa em construção, ao lado do local do incêndio. A referida bicicleta foi reconhecida pelos militares da Guarnição Tático Móvel como de propriedade de um menor infrator, bastante conhecido no meio policial por envolvimento com o tráfico de drogas na cidade e região, além de ser também autor de um homicídio em Formiga.

Foi intensificado o rastreamento policial no bairro Nossa Senhora de Lourdes, onde o menor foi abordado na rua Inhazinha Pires, sendo ele submetido à busca pessoal, mas nada de ilícito foi encontrado com ele.

Ao final da ação policial, o menor foi apreendido e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil onde foi repassado para a autoridade policial competente.

Nesta terça-feira (3), a Polícia Militar está realizando uma grande operação em continuidade ao rastreamento iniciado na noite do crime.

Segundo informações da Polícia Militar, também serão realizadas operações a partir desta noite e nos próximos dias por tempo indeterminado, visando aumentar ainda mais a segurança da população.

Redação do Jornal Nova Imprensa Polícia Militar

Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!