A Operação Girândola III, que tem como objetivo repreender a fabricação clandestina de produtos pirotécnicos, foi realizada em Japaraíba nesta quarta-feira (23). Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em vários pontos da cidade, segundo a Polícia Civil. Ao todo são oito alvos na ação.

A operação da Polícia Civil foi em conjunto com o Exército Brasileiro e com apoio da Polícia Militar (PM). Duas pessoas, que não tiveram as idades reveladas, foram presas.

Em uma das casas que foram alvos da operação, no Distrito de Capoeitão, foram encontradas bombinhas e pólvora branca armazenadas em uma sacola plástica que estava dentro de uma caixa de isopor.

Ainda segundo a polícia, em todos os locais fiscalizados foram apreendidos pólvora e instrumentos de fábricação de fogos de artifício.

Militares do Exército realizaram procedimentos para evitar que os produtos explodissem durante a retirada dos artefatos do local. Na casa, havia ainda bancadas para produção e manipulação dos fogos. Ninguém foi preso.

O centro de comunicação social do Exército informou na tarde desta quarta-feira (23) que os resultados da operação devem ser divulgados na manhã desta quinta-feira (24).

A Polícia Civil informou que vai apurar a procedência da matéria prima, por ser um produto controlado pelo Exército, e buscar esclarecer qual seria a destinação do produto acabado, uma vez que envolve questões tributárias, trabalhistas e previdenciárias.

Imprimir