O 5º Pelotão de Meio Ambiente está realizando uma campanha de sensibilização do uso da água, com o intuito de conscientizar os produtores rurais, principalmente os olericultores (produtores de hortaliças) que realizam a captação do recurso hídrico, para a irrigação das propriedades localizadas à montante da barragem de captação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae, com o intuito de promover uma racionalização do uso da água, tendo como objetivo aumentar a disponibilidade hídrica para o sistema de abastecimento urbano do município.
As equipes de policiais realizam a orientação dos produtores rurais sobre formas alternativas e mais sustentáveis de irrigação, como o emprego de gotejamento, técnicas hidropônicas e instalação de boias em captações destinadas à dessedentação de animais. Ação que conta com a participação da Emater, Secretaria de Gestão Ambiental do Município de Formiga, Saae e Secretaria de Comunicação Municipal.
Trinta e sete produtores rurais assinaram um Termo de Compromisso e apresentaram à Promotoria de Meio Ambiente da Comarca de Formiga um cronograma de irrigação, com o objetivo de mitigar a demanda hídrica e aumentar a vazão junto ao Rio Formiga, com o intuito de possibilitar uma maior captação de água pelo Saae, após a realização das reuniões entre os órgãos e instituições governamentais e os produtores rurais da Região.
A Polícia de Meio Ambiente, por meio do comandante do 5º pelotão, Segundo-Tenente Luis Carlos de Faria, solicita a todos os proprietários rurais que efetuam a captação superficial de água no Rio Formiga e seus afluentes, localizados acima da barragem de captação de água do Saae, a participarem da campanha e assinarem o Protocolo de Intenções, como forma de combater o atual estado de calamidade pública que assola o município, em decorrência da estiagem. Bem como, solicita a todos os usuários do abastecimento público de água na zona urbana, que utilizem de forma racional o volume hídrico recebido, lembrando-se da real necessidade de abastecimento de toda a população. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (37) 3322-1454.

Imprimir
Comentários