Fábricas de tijolos e ardósia nas cidades de Papagaios, Maravilhas, Pequi, Igaratinga e Itaúna estão sendo fiscalizadas pela Polícia Ambiental. A Operação “Mineração” começou nessa terça-feira (23) e segue até esta quinta-feira (25).

O objetivo das fiscalizações é apurar possíveis crimes ambientais cometidos por estes empreendimentos, além de levantar um diagnóstico da quantidade de empresas e a situação do setor de extração mineral no Centro-Oeste de Minas Gerais.

Segundo balanço preliminar da Operação, 28 empreendimentos foram fiscalizados e dois deles autuados por irregularidades ambientais. A polícia, no entanto, não informou as cidades onde estão instaladas as fábricas autuadas. Foram empenhados 44 militares nesta operação.

IMPRIMIR

Fonte:

G1