Os militares do 2º Grupamento de Polícia Militar de Meio Ambiente de Campo Belo, apoiados por militares do 1º Grupamento sediados em Lavras, bem como por um Fiscal da SEMAD desencadearam a Operação Piracema 2021-2022, na sexta (26), voltada à proteção e preservação da fauna ictiológica no Reservatório de Furnas, Zona Rural dos municípios de Aguanil e Cristais.

Durante a operação, foram realizadas diversas atividades voltadas a prevenção, detecção e repressão de infrações administrativas e/ou crimes contra o meio ambiente, principalmente, pescas predatórias, visando a garantia do período de “defeso”.

Ao todo foram utilizadas três viaturas, duas embarcações e, até mesmo, uma RPA/Drone, equipamento de suma importância para a obtenção de imagens de pessoas na prática de condutas criminosas.

Foi realizado patrulhamento aquático diurno e noturno pelo Reservatório de Furnas, o que resultou na apreensão de apetrechos de pesca (redes de emalhar), os quais são de uso proibido durante o período de defeso.

Os militares embarcados também abordaram e orientaram pescadores amadores que exerciam a pesca de espécies exóticas (Tilápia) e alóctones (Tucunaré).

Além do patrulhamento aquático, policiais em terra realizaram abordagens a pessoas e veículos em atitude suspeita; permaneceram em pontos estratégicos de estradas que dão acesso ao citado reservatório, bem como orientaram pescadores que durante este período só é permitida a captura de três quilogramas mais um exemplar de espécies exóticas e alóctones por jornada de pesca.

Polícia Militar do Meio Ambiente em defesa da fauna ictiológica. Informações e denúncias à Polícia de Meio Ambiente podem ser feitas pelo telefone (35) 3832-7322 ou pelo e-mail: [email protected]

Fonte: Campo Belo em Foco

print
Comentários