A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a operação Unitas, em conjunto com a Polícia Militar, o Ministério Público e o Poder Judiciário. A ação teve como objetivo a apreensão de entorpecentes, além da prisão de suspeitos de envolvimento em crimes de tráfico de drogas e homicídio, na cidade de Nova Serrana.

Durante a intervenção, na quarta-feira (18), foram realizadas ações de prevenção e repressão em áreas de criminalidade no aglomerado do bairro Santa Maria.

Ao todo, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, sendo arrecadados crack, cocaína e maconha, R$ 615 em dinheiro, além de quatro pés de maconha e uma balança de precisão. Um homem foi preso por tráfico de drogas.

A operação contou com a participação de 12 policiais civis lotados em Nova Serrana e de 12 policiais militares do Batalhão Rotam em Belo Horizonte.

Unitas

De acordo o delegado responsável, Fábio Gabrich, o nome da operação é uma referência à união – “unitas”, em latim – das instituições no enfrentamento do tráfico de drogas e de homicídios. “A integração entre as Forças de Segurança, o Judiciário e o Ministério Público são indispensáveis no combate à criminalidade, especialmente em relação ao crime organizado. Outras ações virão”, ressalta.

Fonte: Polícia Civil

Imprimir
Comentários