O presidente do Formiguei, Tales Tagliaferri, publicou em seu blog e a notícia sobre o Oscar Gay, cuja lista consta o nome do padre Fábio de Melo para receber o Troféu Triângulo Rosa.

O formiguense padre Fábio de Melo receberá do Grupo Gay da Bahia (GGB) o Troféu Triângulo Rosa por ter acolhido cordialmente a um jovem gay que queria se matar e pela denúncia contra o moralismo cego, que nos impede de ver o outro. A premiação faz parte da 21ª edição do Oscar Gay, sempre anunciado após a festa de Hollywood. O evento é promovido pelo GGB, pioneiro na defesa dos direitos homossexuais no Brasil.
Existe também o troféu para aqueles considerados inimigos dos gays, chamado de Troféu Pau de Sebo, uma referência ao folclore brasileiro. Por mais que queiram destruir o movimento de libertação homossexual, nunca chegam a seu objetivo, caindo e se lambuzando no pau de sebo da intolerância, ataca Luiz Mott, fundador do GGB. Alguns premiados com o Pau de Sebo são o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), em retribuição à sua campanha contra a presença de gays no exército, contra o Programa Escola sem Homofobia e por estimular aos pais darem palmada em seus filhos como corretivo para impedir tendências homossexuais; a torcida do São Paulo (Dragões da Real), por matéria homofóbica veiculada no site e o apresentador Datena, em resposta à sua prática discriminatória contra travestis, denunciada pela Defensoria Pública de São Paulo.
Entre as personalidades que se destacaram, em 2010, na defesa dos direitos homossexuais foram a cantora Adriana Calcanhoto (por tornar público seu casamento com Susana de Moraes), a atriz Claudia Raia e o escritor Luis Fernando Verissimo (por defender o casamento gay) e a atriz Susana Vieira (por condenar as declarações de Marcelo Dourado no BBB 10).

print
Comentários