Pai e filha foram presos em Santo Antônio das Roças Grandes, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, após se recusarem a pagar por uma corrida e terem atirado contra um motorista de aplicativo. O fato foi na madrugada e a prisão ocorreu na noite deste sábado (9).

De acordo com a Polícia Militar, o motorista foi atender a uma chamada na Rua São Marcos, no Bairro Sagrada Família, na Região Leste da capital, por volta das 4h. A corrida foi acionada por Carlisa Tavares Silva, de 35 anos. A mulher embarcou com um menor, de 15 anos e uma outra mulher, não identificada.

Chegando ao endereço final, no bairro Tupi, na Região Norte de BH, os passageiros afirmaram que não tinham dinheiro para pagar. Houve discussão. O motorista ligou para a polícia e, enquanto relatava o que havia acontecido, a mulher pediu ao menor para chamar o avô dele, Luiz Cláudio da Silva de 60 anos.

Segundo a PM, o jovem voltou com R$ 50 para pagar pela corrida. Mas houve tumulto novamente na hora de entregar o dinheiro ao motorista.

Ainda de acordo com a polícia, após nova discussão, Luiz Cláudio teria saído da casa atirando. Os tiros atingiram o para-brisa e a porta dianteira do carro. Ninguém ficou ferido.

O menor e a arma ainda não foram localizados.

 

Fonte: Matéria do G1||https://g1.globo.com/mg/minas-gerais/noticia/2019/11/09/pai-e-filha-se-recusam-a-pagar-por-corrida-atiram-contra-motorista-de-aplicativo-e-acabam-presos-na-grande-bh.ghtml
Imprimir
Comentários