Neste final de semana (dias 12, 13 e 14), foi realizado em Formiga o IV Festival da Lingüiça, na Praça da Matriz São Vicente Férrer. Foi uma festa muito atrativa, que reuniu mais de 15 mil pessoas vindas de vários lugares de Minas Gerais e mesmo de outras partes do país para prestigiarem o evento, que já se tornou tradição. Segundo organizadores do festival, foram consumidas mais de 7 toneladas da famosa ?lingüiça de Formiga?.
De acordo com os comerciantes, no primeiro dia da festa, venderam até mais do que o esperado. Foi muito elogiada a organização da festa, que fica a cargo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Parcerias, a segurança do local também recebeu elogios, pois não houve indícios de brigas.
Porém, teve também algumas reclamações por parte de alguns participantes em relação à infraestrutura do evento, pois, como já é a quarta edição da festa, a cada ano que se passa aumenta o número de pessoas que prestigiam o festival, e o espaço na praça da matriz está se tornando insuficiente.
Alguns responsáveis pelas barracas de comidas e bebidas reclamaram que o espaço estava muito pequeno dentro e fora das barracas, o que gera um certo tumulto e desconforto, dificultando a venda de suas mercadorias. E, para deficientes físicos, era impossível o acesso e locomoção, como reclamaram um cadeirante e um usuário de muletas. Eles estavam dispostos a trabalharem na barraca da Asadef, porém foram impedidos pelo pouco espaço concedido.
Para os próximos anos, espera-se novamente o sucesso da festa, porém, com melhor infraestrutura para atender a todos da melhor maneira possível.

print
Comentários