A administração municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano, está atuando para minimizar a presença de pessoas em situação de rua em Formiga.

A equipe do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) realiza, semanalmente, abordagens no Terminal Rodoviário, que é o ponto no qual estão concentradas estas pessoas que não têm residência fixa. Durante a ação, servidores municipais, acompanhados da Polícia Militar, conversam e apuram a verdadeira situação destes cidadãos.

Para que estes cidadãos tenham um ambiente adequado para dormir e realizar a higiene pessoal, uma parceria está sendo firmada entre o Executivo e a diretoria do Formiga Esporte Clube (FEC). “Vestiários e um espaço interno do campo do Formiga serão disponibilizados para que estas pessoas possam dormir e tomar banho. Serão entregues a elas colchonetes, roupas de cama, cobertores e um kit para banho”, explicou o secretário de Desenvolvimento Humano, Rui Palomo.

Nesta semana a equipe da pasta apurou que três pessoas são naturais de Formiga e nove são oriundas de outras cidades. “Estas pessoas em situação de rua estão sendo inseridas no Cadastro Único para que tenham direito aos benefícios disponibilizados pelo Governo Federal. Eles, também, serão encaminhados à secretaria de Saúde para que recebam as vacinas necessárias”, comentou.

Anteriormente, em outra abordagem, os servidores identificaram cinco pessoas naturais da Bahia, que aceitaram retornar à terra natal. A Prefeitura, por meio setor do Migrante, disponibilizou as passagens.

Fonte: Decom

Imprimir
Comentários