Segundo a polícia, o passageiro do aplicativo demonstrou nervosismo durante a abordagem e quando os policiais olharam a bolsa dele encontraram as notas com características duvidosas

A Polícia Militar prendeu homem, de 21 anos, com R$ 7.800  em notas falsas durante uma abordagem a um veículo de aplicativo em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite desse domingo (18). Um outro suspeito de 34 anos também foi preso.

Segundo a polícia, o passageiro do aplicativo demonstrou nervosismo durante a abordagem e quando os policiais olharam a bolsa dele encontraram as notas com características duvidosas. Os policiais descobriram que o dinheiro era falso. Um outro suspeito, de 34 anos, também foi preso por ter repassado as notas ao passageiro do carro de aplicativo. 

O Major Jarbas, Comandante do policiamento em Justinópolis, contou que a polícia recebeu informações sobre as notas falsas em Ribeirão das Neves e que as cédulas eram comercializadas pela internet e o transporte delas eram feitos, geralmente, por um Sedan branco.

“A partir dessa informação começamos a montar operações de abordagens de veículos com foco em sedans brancos. Hoje acabamos por prender esse autor que estava com todo o dinheiro falso. Ele confessou que eram comercializadas as notas pela internet, onde era cobrado dez por cento do montante adquirido em notas falsas. Por esses R$ 7.800 falsos, ele pagou R$ 780. Com a colaboração desse indivíduo preso chegamos até o vendedor das notas falsas que admitiu o comércio via redes sociais e também foi preso”, explicou o policial. 

Os dois foram encaminhados à Polícia Federal. O motorista do aplicativo foi liberado por não ter envolvimento com o crime.

Fonte: O Tempo

Imprimir
Comentários