Uma norte-americana apaixonada por aves encontrou, no mês passado, em seu quintal, um tipo raro de pássaro: um cardeal metade macho e metade fêmea. Desde que colocou comedores para pássaros em seu quintal, há 25 anos, Shirley Caldwell surpreende-se com os animais que avista por ali. No entanto, pela primeira vez, ela encontrou um passarinho com as cores divididas exatamente ao meio, em uma árvore a apenas 10 m de distância de sua casa, na cidade de Erie, na Pensilvânia. Graças a uma condição conhecida como “ginandromorfismo bilateral”, a ave apresentava parte do corpo com características masculinas e outra com características femininas.

Em entrevista à revista “National Geographic”, o ornitólogo Daniel Hooper explicou que essa condição pode acontecer em qualquer tipo de ave, mas fica mais fácil identificá-la quando machos e fêmeas de uma mesma espécie apresentam plumagens de cores diferentes – os cardeais machos têm penas avermelhadas, e as fêmeas, penas acinzentadas.

Imprimir

Fonte:

O Tempo