O patrimônio do senador Aécio Neves (PSDB) cresceu 144% de 2014, quando disputou a Presidência da República, até hoje. É o que revela declaração de bens prestada ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Minas Gerais em virtude da candidatura a deputado federal.

Há quatro anos, Aécio declarou ter bens no valor de R$ 2,5 milhões. Hoje, tem R$ 6,1 milhões.

O que mais cresceu no patrimônio do senador foi o valor das quotas de capital, ou ações, que possui em empresas. Em 2014, ele detinha participação acionária no valor total de R$ 1,4 milhão. O valor, em 2018, saltou para R$ 4,5 milhões.

O senador ainda possui joias e objetos de arte no valor de R$ 33 mil.

No ano passado, Aécio foi flagrado pedindo R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista. Ele disse tratar-se de empréstimo pessoal e negou irregularidades.

 

Fonte: Hoje em Dia ||

print

Comentários