Mais um ônibus foi incendiado no Jardim Vitória, na Região Nordeste de Belo Horizonte, na noite dessa sexta-feira (11). Foi o segundo caso em dois dias no mesmo bairro.

De acordo com a Polícia Militar, o coletivo foi cercado por dois carros, com oito bandidos armados e dois deles mandaram que todos descessem, jogaram gasolina e atearam fogo.

As chamas destruíram o veículo e se espalharam por parte de uma mata. O coletivo queimado fazia a linha 825 (Estação São Gabriel / Vitória II via UPA Nordeste).

Ainda segundo a PM, o ataque desta sexta tem relação com o de quarta porque um bilhete foi deixado com os seguintes dizeres: “A partir de hoje se não parar com a opressão dentro da [Penitenciária] Nelson Hungria e retirar o diretor, vamos começar a matar os agentes e acabar com Minas”.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e apagou o fogo. A perícia da Polícia Civil também foi chamada.

Ninguém foi preso.

Na Quarta-feira

Na quarta-feira (9), um ônibus da linha 5502 C (Pousada Santo Antônio) foi queimado no mesmo bairro.

Segundo a PM, três suspeitos renderam o motorista, mandaram que ele saísse do ônibus e atearam fogo.

O bando disse que o ato era o cumprimento de uma ordem dada por detentos da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH.

Fonte: G1

Imprimir
Comentários