Nessa terça-feira a Fundação Getúlio Vargas divulgou pesquisa que traça o perfil dos jovens do país. Os resultados mostram que homens jovens e solteiros correm maior risco de se envolverem em acidentes de trânsito e com drogas. O estudo descobriu que os rapazes se envolvem quatro vezes mais em acidentes de trânsito do que as garotas.
Examinando o número de presos no Brasil, a pesquisa revela que 96% são homens. Quase 80%, solteiros e, a maioria, tem menos de 29 anos, sem ensino fundamental completo e de baixa renda. Ao contrário do consumidor de drogas, que tem alto poder aquisitivo.
O coordenador da pesquisa acha que o resultado deve servir como um alerta. ?Todos os indicadores sociais no Brasil, e em outras partes, estão melhorando, todos eles ? renda, escolaridade, etc. Mas os problemas ligados a juventude são um mistério. A sociedade tem falhado nisso. Os problemas têm piorado. Tem que ter políticas voltadas para os rapazes. As moças, felizmente, não são parte dessas estatísticas?, explicou o economista ? FGV, Marcelo Nery.

Imprimir
Comentários