Um grupo de 6 coordenadores e 46 consultores da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) pediu renúncia coletiva de seus cargos nesta segunda-feira (29).

Órgão ligado ao Ministério da Educação, a Capes é responsável por avaliar os programas de pós-graduação de mestrado e doutorado no país, autorizando ou não o seu funcionamento.

Os pesquisadores que pediram para serem desligados são das áreas de Matemática, Probabilidade e Estatística e de Física e Astronomia.

Em uma carta aberta enviada à direção da Capes, os servidores atribuem a sua decisão à falta de apoio e respaldo ao trabalho deles.

O documento ainda lista outros motivos, como a falta de ação da Capes para a retomada da avaliação quadrienal, que está paralisada por decisão judicial liminar.

Os pesquisadores também apontaram mudança na prioridade da direção da entidade ao, segundo eles, se preocupar mais com a abertura de novos cursos à distância do que com a avaliação dos que estão hoje em funcionamento (veja mais abaixo).

A reportagem do portal g1 procurou a autarquia, mas até a última atualização desta reportagem não havia obtido retorno.

Num primeiro momento, três coordenadores de matemática e 28 consultores renunciaram a seus cargos. Em seguida, outros 3 coordenadores e 18 pesquisadores de física se juntaram ao grupo.

Entenda a importância das avaliações

Os coordenadores de área da Capes são responsáveis pela avaliação de cursos de mestrado e doutorado. As avaliações englobam tanto a proposta de novos cursos, chamada de Apresentação de Propostas de Cursos Novos (APCN), quanto a permanência daqueles que já integram o Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG).

A avaliação quadrienal é a realizada periodicamente pelas coordenações de área para verificar se os cursos terão reconhecimento renovado para continuar funcionando até a próxima avaliação.

Avaliação quadrienal paralisada

Em 22 de setembro, o Ministério Público Federal (MPF) conseguiu uma liminar concedida pela Justiça Federal que suspendia imediatamente a avaliação quadrienal dos programas de pós em andamento.

Na ocasião, o MPF pediu que a Capes apresentasse, em 30 dias, a relação completa dos “critérios de avaliação”, “tipos de produção/estratos” e as “notas de corte” utilizados para avaliar os cursos.

Coordenadores e consultores demissionários

De acordo com Gregório Pacelli, um dos coordenadores que assinaram a carta de renúncia, os coordenadores não possuem vínculo com a Capes. Eles são eleitos entre si e não há compensação financeira pelos serviços prestados. Uma vez que a renúncia seja oficializada no Diário Oficial da União, os coordenadores permanecem nas instituições com as quais possuem vínculo.

Os consultores, por sua vez, precisam assinar termos de confidencialidade com a autarquia, mas também não possuem vínculo profissional, e foram eleitos pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior para ocupar os cargos em questão.

São eles:

Coordenadores de matemática

  1. Gregório Pacelli Feitosa Bessa
  2. Roberto Imbuzeiro Moraes Felinto de Oliveira
  3. Sandra Augusta Santos

Consultores da área Matemática

  1. Alexandre Loureiro Madureira
  2. Alexandre Tavares Baraviera
  3. Antônio Carlos Gardel Leitão
  4. Carlos Hoppen
  5. César Javier Niche Mazzeo
  6. Daniel Marinho Pellegrino
  7. Diego Ribeiro Moreira
  8. Dimitar Kolev Dimitrov
  9. Edgard Pimentel
  10. Eduardo de Siqueira Esteves
  11. Elias Alfredo Gudiño Rojas
  12. Elias Salomão Helou
  13. Gabriela Del Vale Planas
  14. Glaydston de Carvalho Bento
  15. Gregório Manoel Silva Neto
  16. Hedibert Freitas Lopes
  17. Jaqueline Godoy Mesquita
  18. João Xavier da Cruz Neto
  19. Klaus Leite Pinto Vasconcellos
  20. Márcio Gomes Soares
  21. Marcos Oliveira Prates
  22. Maria Amélia Salazar Pinzón
  23. Maria Aparecida Soares Ruas
  24. Pablo Braz e Silva
  25. Paolo Piccione
  26. Paulo Alexandre de Souza
  27. Paulo José da Silva e Silva
  28. Plamen Emilov Koshlukov

Coordenadores de Física

  1. Fernando Lázaro Freire Jr.
  2. Alberto Saa
  3. Rubem Sommer

Consultores da área Física

  1. Alex Antonelli,
  2. Ângela Burlamaqui Klautau
  3. Antonio Gomes de Souza Filho
  4. Anderson Stevens Leonidas Gomes
  5. Antonio Zelaquett Khoury
  6. Francisco Anacleto Barros Fidelis de Moura
  7. George Emanuel Avraam Matsas
  8. Leandro Salazar de Paula
  9. Marco Cremona
  10. Marcos Gomes Eleutério da Luz
  11. Pedro Luis Grande
  12. Renata Zukanovich Funchal
  13. Roberto Cid Fernandes Junior
  14. Roberto Vieira Martins
  15. Rodrigo Gribel Lacerda
  16. Saulo Carneiro de Souza Silva
  17. Tobias Frederico
  18. Valtencir Zucolotto

Fonte: G1

print
Comentários