A Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira a operação Batata Quente, com o objetivo de conter o compartilhamento e posse de imagens e vídeos com cenas de nudez e abuso sexual de crianças e adolescentes.

De acordo com a PF, seis mandados judiciais de busca e apreensão foram expedidos e cumpridos, sendo três em Belo Horizonte; um em Caratinga, no Vale do Rio Doce; um em Curvelo e um em Papagaios, ambos na Região Central de Minas.
Dois homens, ainda não identificados, foram presos em flagrante na capital mineira e em Caratinga. Com os suspeitos, foram encontrados material pornográfico infantil e diversos equipamentos de informática.
Segundo a corporação, as informações sobre os alvos das investigações foram conseguidas por contas de e-mail e aplicativos de mensagens e vídeo, que foram usadas na disseminação dos arquivos de pornografia infantil.
Todos os investigados deverão responder pelo crime de compartilhamento de arquivos de pornografia infantil e, caso condenados, as penas previstas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente variam entre 1 e 6 anos de reclusão.

 

Fonte: Estado de Minas||http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/06/05/interna_gerais,874187/pf-deflagra-operacao-contra-pornografia-infantil-em-minas-gerais.shtml

print

Comentários