Picasso em exposição no Brasil

O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima ?Guernica? (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima ?Guernica? (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Obras do pintor espanhol Pablo Picasso e de outros artistas modernistas da Espanha vão ganhar uma exposição inédita nas unidades do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo e do Rio de Janeiro. Na capital paulista, a mostra ?Picasso e a Modernidade Espanhola? fica em cartaz de 25 de março a 8 de junho, com entrada gratuita.
Depois, segue para o Rio, de 24 de junho a 7 de setembro. Ao todo, serão apresentados 90 trabalhos ? metade deles de autoria do mestre cubista. Entre os quadros de Picasso que integram a mostra, estão ?Cabeça de Mulher? (1910), ?Busto e Paleta? (1932), ?Retrato de Dora Maar? (1939) e ?O Pintor e a Modelo? (1963).
O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima ?Guernica? (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).
Com curadoria de Eugenio Carmona, professor de História da Arte da Universidade de Málaga, a exposição pretende oferecer aos visitantes diferentes abordagens sobre os fundamentos estéticos e as contribuições de Picasso e de seus contemporâneos ? como Salvador Dalí, Joan Miró, Juan Gris, Julio González e Óscar Domínguez ? para o cenário internacional da arte.
Dividida em oito módulos, a mostra destaca como Picasso concebeu o conceito de modernidade e influenciou os demais artistas da época, dialogando e se relacionando com eles. As peças pertencem ao acervo do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madri. E a exposição foi realizada inicialmente na Fondazione Palazzo Strozzi, em Florença, na Itália.

Imprimir
Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Picasso em exposição no Brasil

O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima “Guernica” (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima “Guernica” (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Obras do pintor espanhol Pablo Picasso e de outros artistas modernistas da Espanha vão ganhar uma exposição inédita nas unidades do Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo e do Rio de Janeiro. Na capital paulista, a mostra “Picasso e a Modernidade Espanhola” fica em cartaz de 25 de março a 8 de junho, com entrada gratuita.

Depois, segue para o Rio, de 24 de junho a 7 de setembro. Ao todo, serão apresentados 90 trabalhos – metade deles de autoria do mestre cubista. Entre os quadros de Picasso que integram a mostra, estão “Cabeça de Mulher” (1910), “Busto e Paleta” (1932), “Retrato de Dora Maar” (1939) e “O Pintor e a Modelo” (1963).

O público também poderá ver estudos e esboços que resultaram na obra-prima “Guernica” (1937), um painel em que Picasso retratou as atrocidades cometidas durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939).

Com curadoria de Eugenio Carmona, professor de História da Arte da Universidade de Málaga, a exposição pretende oferecer aos visitantes diferentes abordagens sobre os fundamentos estéticos e as contribuições de Picasso e de seus contemporâneos – como Salvador Dalí, Joan Miró, Juan Gris, Julio González e Óscar Domínguez – para o cenário internacional da arte.

Dividida em oito módulos, a mostra destaca como Picasso concebeu o conceito de modernidade e influenciou os demais artistas da época, dialogando e se relacionando com eles. As peças pertencem ao acervo do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía, em Madri. E a exposição foi realizada inicialmente na Fondazione Palazzo Strozzi, em Florença, na Itália.

Redação do Jornal Nova Imprensa O Tempo

Comentários

Sobre o Autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias