O governador eleito Fernando Pimentel (PT) comentou, na tarde desta sexta-feira (19), durante entrevista coletiva dada à imprensa antes de sua diplomação em Belo Horizonte, sobre a polêmica acerca dos gastos durante a campanha eleitoral deste ano.

Nesta sexta, serão diplomados 135 eleitos, na seguinte ordem: o governador Fernando Pimentel e o vice Antônio Andrade, o senador Antônio Anastasia, com os respectivos 1º e 2º suplentes, 53 deputados federais e 77 deputados estaduais.
A cerimônia acontece no Grande Teatro do Palácio das Artes.

As questões da Justiça a gente não faz comentários. Se não concordamos com elas, a gente recorre, como é o nosso caso, explicou. Pimentel afirmou ainda que o processo está em fase de recurso e que não há nenhum julgamento ainda. Nossos argumentos são muito sólidos, temos certeza que, ao final, essa questão vai ser revista pela Justiça e nós vamos ter tranquilidade para governar o Estado, pontuou
Primeira medida
Após comentar as polêmicas, o governador eleito falou ainda sobre seus planos para o começo do mandato. Logo após constatarmos a situação orçamentária e fiscal do estado de forma nítida, o que neste momento nós não temos, vamos criar rapidamente os fóruns de participação popular em todo o Estado, como eu disse na campanha, garantiu.
Secretariado
Sobre o anúncio de sua equipe, Pimentel disse que deve anunciar o secretariado até o fim do mês, que os nomes estão em negociação e que seu vice, Antônio Andrade (PMDB) está auxiliando nas escolhas.

Imprimir
Comentários