Um incêndio em um prédio residencial no bairro do Bronx, na cidade de Nova York, matou 12 pessoas e feriu gravemente outras quatro na noite dessa quinta-feira (28). Uma criança de um ano está entre os mortos.

“Este é o pior incêndio na cidade em pelo menos 25 anos”, disse o prefeito da cidade, Bill de Blasio. Ele lamentou que a tragédia tenha ocorrido perto do Natal. “Hoje, no Bronx, há famílias que estão destroçadas”, afirmou.

A identidade das vítimas ainda não foi revelada. Segundo o chefe dos bombeiros de Nova York, Daniel Nigro, os mortos tinham entre 1 e 50 anos – três deles eram de uma mesma família. “Essa tragédia é, sem dúvidas, de uma magnitude histórica”, afirmou Daniel Nigro.

As equipes dos bombeiros seguiam procurando por feridos no edifício na manhã desta sexta (29), por isso, ainda não descartam que o número de vítimas aumente.

O fogo começou por volta das 19h (22h no horário de Brasília) no térreo, provavelmente na lixeira, e se propagou rapidamente pelo edifício de cinco andares da avenida Prospect, que fica perto do zoológico.

O Corpo de Bombeiros informou que chegou ao local 3 minutos depois. Mais de 170 homens combateram as chamas durante ao menos duas horas. O fogo foi controlado e as equipes estão realizando uma operação de rescaldo.

(Foto: Amr Alfiky / Reuters)

Uma escola vem sendo usada para abrigar moradores do prédio atingido pelas chamas.

O Bronx é um distrito de Nova York onde moram muitos integrantes das comunidades latina e negras.

IMPRIMIR

Fonte:

G1