O treinador da Juventus, Andrea Pirlo, afirmou ter decidido deixar Weston McKennie, Paulo Dybala e Arthur fora da equipe que enfrentará o Torino pelo Campeonato Italiano neste sábado (3), após eles violarem protocolos contra a Covid-19.

Os três jogadores foram multados pelo clube por uma festa organizada pelo norte-americano McKennie na noite de quarta-feira (31) nas colinas acima de Turim.

https://platform.twitter.com/embed/Tweet.html?creatorScreenName=agenciabrasil&dnt=false&embedId=twitter-widget-0&frame=false&hideCard=false&hideThread=false&id=1378049832720470024&lang=pt&origin=https%3A%2F%2Fagenciabrasil.ebc.com.br%2Fesportes%2Fnoticia%2F2021-04%2Fpirlo-corta-3-atletas-da-Juventus-por-violarem-regras-contra-covid-19&siteScreenName=agenciabrasil&theme=light&widgetsVersion=e1ffbdb%3A1614796141937&width=550px Dybala e Arthur estavam entre os dez convidados para um jantar que quebrou protocolos contra a Covid-19 na Itália, que está sob um toque de recolher nacional entre 22h e 5h, e Pirlo foi um passo além ao omitir o trio do dérbi de Turim neste sábado (3).

“Os três jogadores envolvidos não foram relacionados para o jogo de sábado e voltarão a trabalhar em algum momento, ainda veremos quando”, disse Pirlo em coletiva de imprensa nessa sexta-feira (2). “Eu tomei a decisão e o clube fez o restante. A parte da convocação eu decidi. Não era a hora certa de fazer (uma festa). Nós somos exemplos e é correto que nos comportemos como um.”

Tentando conquistar o décimo título italiano em sequência nesta temporada, a Juventus está dez pontos atrás da líder Internazionale, em terceiro lugar na tabela.

Fonte: Agência Brasil

Imprimir
Comentários