A pista na BR-494, onde ocorreu o acidente que resultou na morte de um motocicleta de 29 anos, na terça-feira (23), foi liberada por volta de 1h30 desta quarta (24) após mais de 12 horas de trabalho.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) foram dois acidentes no local. O primeiro envolveu um carro que tingiu uma moto. Em seguida, duas carretas carregadas com escória de siderúrgica e carvão vegetal bateram de frente e explodiram.

Liberação da pista

Os trabalhos para liberação da pista envolveram a retirada dos escombros dos veículos queimados, que segundo a PMRv, são de responsabilidade das seguradoras. Após a retirada das carcaças, o trecho precisou passar por uma limpeza para que o material não ficasse na pista e causasse outros danos.

Durante a atuação das equipes das seguradoras, a PMRv controlou o tráfego na região indicando desvios de rota aos motoristas. A liberação efetiva ocorreu por volta de 1h30, segundo os militares.

Acidentes

O registro dos acidentes ocorreu por volta de 12h20 de terça. Segundo os militares, o motorista de um carro de passeio, de 82 anos, atingiu a motocicleta onde estavam o piloto de 29 anos e um passageiro de 37.

O piloto não resistiu e morreu no local. O passageiro e o motorista do carro foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Logo em seguida, uma carreta que também seguia no trecho desviou do acidente e bateu de frente com outra carreta, que seguia no sentido contrário. A colisão provocou vazamento de contribuível, uma série de explosões e fogo intenso.

Os motoristas das carretas foram atendidos no local pelo Samu. Eles não apresentaram ferimentos.

Combate às chamas

O Corpo de Bombeiros atuou no combate às chamas dos veículos com apoio de um caminhão Auto Bomba Tanque. Foram utilizados quase 10 mil litros de água e uma guarnição permaneceu no local para as atividades de rescaldo do incêndio.

Fonte: g1 Centro-Oeste

print
Comentários