A Polícia Militar de Minas Gerais está oferecendo apoio às forças de segurança de São Paulo para fazer um cerco à quadrilha que explodiu um carro-forte na cidade paulista de Cajuru, na região de Ribeirão Preto, na manhã desta quarta-feira (7). Bloqueios são realizados em estradas do Sudoeste mineiro.

O veículo da empresa Protege foi cercado por dez homens fortemente armados na rodovia Abrão Assed. Os bandidos usaram explosivos e deixaram o carro-forte completamente destruído. O barulho foi tão alto que chamou a atenção de uma base da Polícia Militar Rodoviária.

Policiais militares chegaram rapidamente ao local e trocaram tiros com os bandidos. Dois policiais ficaram feridos e foram socorridos à Santa Casa de Cajuru. Os bandidos fugiram e deixaram os dois veículos usados por eles em chamas, em uma estrada.

Em nota, a Protege informou que todos os colaboradores estão em segurança e que a empresa colabora com as autoridades na investigação em curso.

Segundo a PM, todos os malotes transportados no carro-forte foram levados pelo grupo.

 

Fonte: Hoje em Dia/G1||

print

Comentários