Um policial militar de Santa Catarina invadiu o apartamento de cinco amigas na cidade de Lages, nesta segunda-feira (3), e agrediu quatro delas com um cassetete.

De acordo com uma das vítimas, ela e as amigas estavam celebrando a finalização de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) quando o agente foi até o apartamento, por volta das 22h. Ele mora no mesmo condomínio que as vítimas.

“Ele invadiu nosso apartamento com o cassetete e começou a nos bater porque estávamos comemorando o TCC de uma amiga nossa que mora com a gente”, relatou a moradora. No vídeo, ele ainda ameaça: “Eu quero essa filmagem amanhã”.

Em vídeo gravado por uma das mulheres, é possível ver o PM discutindo com as moradoras e apontando o cassetete no rosto delas. Em determinado momento, ele vai atrás de uma das vítimas e começa a agredi-la.

De acordo com o Diário do Cotidiano, o Tenente Coronel Fabiano da Silva, do 6° Batalhão da Polícia Militar em Lages, confirmou que tomou conhecimento do vídeo e determinou a instauração de um inquérito.

Segundo o tenente, o policial é um cabo que estaria afastado das funções em razão da pandemia, por estar no grupo de risco. Em nota, a corporação disse que se trata de “fato isolado” que não condiz com a formação e a preparação dos policiais militares catarinenses.

Fonte: Revista Fórum

Imprimir
Comentários