O Disque Denúncia é um serviço destinado ao recebimento de informações dos cidadãos sobre crimes aos quais tenham conhecimento e possam auxiliar o trabalho da polícia para melhorar a qualidade de vida da população.

As denúncias feitas ao 181 são anônimas, ou seja, o denunciante não precisa se identificar. Por meio da informação anônima, as polícias Militar e Civil ficam sabendo dos acontecimentos criminosos ou perigosos feitos por pessoas de má índole.

Para denunciar, basta ligar, gratuitamente, para o número 181. O Disque Denúncia funciona com uma central de atendimento unificada, formada por profissionais treinados e capacitados que trabalham em regime de 24 horas para atender a população. Cada denúncia registrada é encaminhada para uma equipe de analistas composta por um integrante da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Após a análise da informação recebida, ela é encaminhada às Unidades Policiais locais, para que realizem a verificação dos fatos e adotem os procedimentos pertinentes em caso de procedência da denúncia.

O denunciante não precisará se identificar e sua ligação será mantida em sigilo absoluto, recebendo, ainda, uma senha para acompanhamento da verificação e, depois de um prazo três meses, poderá solicitar, pelo mesmo número, informações sobre o andamento das investigações.

É importante lembrar:

O foco desse serviço é o atendimento de denúncias anônimas de crimes permanentes, ou seja, aqueles que acontecem por tempo indeterminado (tráfico de drogas, porte de arma de fogo etc) ou que resultem em investigação e, não, de situações emergenciais.

Nos casos de urgências e emergências:

Devem ser usados os números 190 (Polícia Militar), 193 (Corpo de Bombeiros), 192 (Samu) e 197 (Polícia Civil).

Segundo o chefe da Assessoria de Comunicação do 63º Batalhão, tenente Rodrigo: “O 181 é uma excelente ferramenta para o combate ao crime, mas para funcionar, é preciso que a população colabore com a própria segurança, alimentando o sistema com informações, que serão fornecidas anonimamente. Por isso pedimos às pessoas que tiverem informações sobre tráfico, porte ilegal de arma de fogo ou outros crimes, que liguem para o 181 e nos ajudem a construir um ambiente mais seguro para nossas famílias”, explicou.

 

Imprimir
Comentários