A Polícia Civil cumpriu, nessa quarta-feira (20), três mandados de prisão no âmbito de investigações de estupro de vulnerável e de furto cometidos nas cidades de Pains e Arcos.

Além disso, uma quarta medida judicial foi cumprida, desta vez, contra um investigado por roubo e tráfico de drogas, em razão de sentenças condenatórias.

Em Arcos, o alvo era um homem, de 44 anos, investigado por ter abusado sexualmente de sua filha, de 1 ano, e da enteada, de 6. As investigações tiveram início em novembro de 2020, quando a PCMG recebeu a denúncia sobre os abusos que o suspeito teria cometido na casa onde residia com as crianças e a mãe delas. No decorrer do inquérito policial, o homem foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável.

Outros dois mandados foram cumpridos em Pains, contra investigados por um furto ocorrido na cidade, no dia 31 de outubro de 2020.

Na ocasião, os dois homens, de 22 e 29 anos, subtraíram dois capacetes no interior de uma residência. Conforme apurado, ambos são reincidentes na prática de crimes contra o patrimônio.

O investigado de 29 anos, inclusive, já se encontrava detido no sistema prisional, após ser preso em flagrante por outro furto cometido no começo desta semana.

Já o quarto mandado se refere à prisão de um homem, de 32 anos, em virtude de uma execução criminal do ano de 2010 referente a duas condenações por tráfico de drogas e uma por furto.

De acordo com o delegado responsável, Patrick Carvalho, os presos, com exceção do investigado de 29 anos que já estava recluso, foram encaminhados ao sistema prisional e permanecem à disposição da Justiça. “Já iniciamos este ano retirando da sociedade mais quatro criminosos, proporcionado mais tranquilidade e segurança à população. Outras ações de repressão virão”, explicou.

Fonte: Polícia Civil

Imprimir
Comentários