Da Redação

A Polícia Civil de Formiga, por meio da delegada de Orientação e Proteção à Família, Luciana Souza divulgou, nesta quarta-feira (19), nota sobre o caso de estupro ocorrido em Formiga no dia 9 deste mês.

De acordo com a nota, o suspeito, um homem de 33 anos, foi preso na sexta-feira (14) após a Polícia Civil cumprir o mandado de busca domiciliar e prisão.

O crime ocorreu em um estabelecimento comercial no Centro da cidade. O homem após roubar o dinheiro do caixa abusou sexualmente da funcionária do estabelecimento que também sofreu agressões físicas.

As câmeras internas de segurança do estabelecimento gravaram a imagem do homem e, os policiais encontraram na casa dele, o moletom que ele usava no dia em que cometeu os crimes.

O indivíduo já possui passagem pela polícia por tentativa de estupro. Segundo a delegada Luciana, ele ficará preso por 30 dias, neste período será requerida a conversão da prisão temporária em preventiva. A identidade do autor do crime não foi divulgada pela Polícia Civil.

O caso não havia sido divulgado para a imprensa para não atrapalhar as investigações. A Polícia Civil não divulgou a identidade do homem.

 

Outros casos

No dia 2 de junho, a Polícia já havia divulgado informações sobre a prisão de um homem que foi denunciado por estuprar filha de 14 anos.  Em abril, outro caso se tornou público após a prisão de um homem de 49 anos, que estuprou outra adolescente de 14 anos. 

Em entrevista no mês de junho, a delegada Luciana chegou  a citar um terceiro estupro que teria ocorrido na zona rural da cidade, mas não deu detalhes deste crime.

 

Imprimir

Comentários