Redação Últimas Notícias 

A 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Formiga pediu nesta semana a prisão preventiva do jovem de 21 anos, apontado como responsável pelo homicídio de José Reinaldo de Oliveira Júnior, de 20 anos.

O crime ocorreu na segunda-feira de carnaval (12) no Balneário Furnastur. A vítima foi alvejada por disparos de arma de fogo e faleceu no local.

Segundo a Polícia Civil, o suspeito pelo crime estava em liberdade provisória condicional, proibido de se ausentar de casa em período noturno e de frequentar lugares festivos. Ele foi indiciado em julho de 2017 por tentativa de homicídio.

O suspeito foi acusado de agredir um jovem de 21 anos a facadas, no dia 27 de maio, no Parque de Exposições José Belo Primo.

MP

O Ministério Público de Formiga investiga se há relação entre o assassinato, a tiros, do jovem de 20 anos, José Reinaldo de Oliveira Júnior, com a realização do desfile do “Bloco do Manga”, na segunda-feira de carnaval (12), no Balneário Furnastur.

Antes da data do evento, a juíza de plantão, Juliana de Almeida Teixeira Goulart, da 1ª Vara da Comarca de Arcos, já havia negado, por duas vezes, a permissão para a realização da festa, atendendo ao pedido do MP, em razão do descumprimento no que tange à contratação de seguranças.

Na primeira tentativa de liberação do bloco, os organizadores não apresentaram nenhum tipo de comprovação de que estavam cumprindo tal exigência. Na segunda tentativa, também negada, foi apresentado o contrato com uma construtora, o que para a juíza, também não atendia ao que foi determinado.

Apenas na terceira tentativa dos organizadores em liberar a realização do evento, já no domingo à noite (11), foi apresentado à Justiça um contrato com uma empresa de segurança da cidade de Itapecerica para a disponibilização dos 20 seguranças exigidos.

De acordo com a promotora Clarissa Gobbo dos Santos, apesar da informação de que o desfile do bloco ocorreu horas antes do crime, é necessário investigar se a aglomeração que terminou com o registro de homicídio,  ocorreu devido à realização do bloco carnavalesco.

Imprimir
Comentários