Nessa sexta-feira (14), as guarnições policiais lotadas no 2º Pelotão PM de Meio Ambiente em Formiga, Arcos e Lagoa da Prata, da 7ª Companhia PM de Meio Ambiente, desencadearam a Operação de Proteção a Fauna – Combate a caça a animais silvestres.

O intuito foi prevenir e reprimir os crimes e infrações ambientais relativas a fauna silvestre brasileira, em especial o combate a caça a animais silvestres e posse/porte de armas de fogo sem registro.

De acordo com a polícia, as atividades operações resultaram no seguinte saldo operacional:

Nº de atividades operacionais: 10

Nº de Mandados de Busca e Apreensão cumpridos: 4

Nº de autuações e documentos redigidos: Boletins de Ocorrência lavrados: 7

 Total de Autos de infração: 6

Valor total de multas: R$24.255,30

 Termo de apreensão e depósito: 3

Fiscalizações realizadas: Locais de caça: 3 Propriedades rurais: 5

Veículos diversos fiscalizados: 21

Pessoas abordadas: 26

 Pessoas presas: 3

Armas de fogo apreendidas: 8

Munições apreendidas: 435 munições

Arma branca: 01

Arma de ar comprimido: 01

Cão de caça com maus tratos: 01

Chumbo, espoleta, pólvora e demais materiais utilizados para caça: 26 itens

Fisga/zagaia apreendida: 01

 Redes de emalhar: 02

Garateias (anzóis múltiplos):

10 Armadilhas de caça a tatu: 03

Ave silvestre em cativeiro: 01

Gaiolas: 01

 

Fonte: Polícia de Meio Ambiente||
Imprimir
Comentários