Nesta terça-feira (26), a Polícia Federal de Divinópolis deflagrou a Operação Trem das Sete, visando a combater um esquema de desvio de recursos públicos do município de Itaúna. No local, foram cumpridos sete mandados de busca e apreensão na Prefeitura, inclusive no gabinete do prefeito, na Secretaria Municipal de Administração, Secretaria Municipal de Finanças, Procuradoria e em outros setores públicos.
Também estão sendo cumpridos três mandados de busca em um prédio comercial em Belo Horizonte, além de outro mandado em uma empresa sediada em Curitiba.
Esses mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Divinópolis, atendendo à representação feita nos autos de Inquérito Policial em trâmite na delegacia de Polícia Federal em Divinópolis.
O inquérito foi instaurado depois que um grupo de sete empresas, em conluio com servidores municipais e possivelmente servidores do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit), teria fraudado uma licitação da Prefeitura de Itaúna. A fraude teria como objetivo a elaboração de um projeto executivo de engenharia para remanejamento da linha férrea no município.
Investigações policiais apontam indícios de que as empresas envolvidas, a princípio, se apresentaram como concorrentes nas licitações realizadas pela Prefeitura
de Itaúna, mas mantém relações comerciais com características de cartel, sendo que várias delas estão, ou já estivaram, sediadas no mesmo endereço em Belo Horizonte, local onde estão sendo cumpridos mandados de busca.
Participam da operação aproximadamente 50 policiais federais da delegacia de
Divinópolis e da Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais.

Imprimir
Comentários