O comandante do policiamento da 13ª Companhia Independente da Polícia Militar de Formiga, tenente Lúcio, reuniu-se com a imprensa, nesta segunda-feira (14), para falar sobre a criminalidade em Formiga.
Devido aos recentes furtos ocorridos, no município e região, a PM tem intensificado o policiamento nas áreas urbanas e rurais, com a finalidade de diminuir a incidência desse tipo de delito.
Os temas abordados foram a?Operação Férias Seguras?, que está em andamento desde o dia 17 de dezembro; a ?Rede de Vizinhos Protegidos? e a ?Rede de Joalherias Protegidas?. ?Esses são alguns dos recursos que a Polícia Militar está utilizando, na tentativa para diminuir os furtos?.
?Temos estatísticas dos furtos por alto e não consolidadas. Percebemos que houve uma elevação no número de furtos na cidade. Esse aumento ocorreu, principalmente, neste período de férias, em que as pessoas viajam e deixam as suas residências. Esses números foram detectados nos balneários e nas áreas mais centrais?.
Em relação a furtos de motocicletas, o comandante do policiamento destacou que tem ocorrido certa displicência por parte dos proprietários desses veículos. ?Às vezes, as pessoas deixam as chaves na ignição, os carros abertos e, em Formiga, verificamos que já cresceu esse número e isso tem contribuído para esse aumento?, disse.
Ainda, segundo o tenente Lúcio, as motocicletas furtadas são utilizadas em assaltos, ou até para outros furtos. ?A PM descobriu um local, que não é em Formiga, onde essas motos furtadas estavam sendo aproveitadas para desmanche?.
Na ?Operação Férias Seguras?, o militar explicou que são desencadeadas quatro operações. ?Ela é realizada para trazer mais segurança às pessoas que estão viajando, estão em circulação. A manobra tem, em seu conceito, as operações blitz, corredor de segurança, que é feita nas entradas da cidade. A ?Operação Proteja o seu Bairro?, que é um patrulhamento e, também, as operações com taxistas e ônibus de circulação. A operação está sendo desencadeadas, ainda, em Minas Gerais?.
Para aquelas pessoas que, ainda, vão sair de férias, o tenente Lúcio recomenda que fechem bem as residências, coloquem, se possível, sistema de segurança, avisem um vizinho que estarão viajando, para que ele possa fazer o recolhimento de correspondências e sempre monitorar a referida residência.
Sobre a Rede de Vizinhos Protegidos, o policial destacou que o programa está se expandindo em Formiga. ?Vamos acrescentar mais 250 residências, das mais de 500, já existentes, nos bairros onde já funcionam. Estamos obtendo vários êxitos por meio dessas denúncias. Já estamos, também, com a ?Rede de Joalherias Protegidas? e com a ?Rede de Comércio Protegido? fazendo contato com os comerciantes interessados. Creio que, até o final deste mês, já estaremos com essa rede instalada?.
As pessoas interessadas em fazer parte da ?Rede de Vizinhos Protegidos? devem ligar no 3329- 2550 e agendar uma visita da patrulha comunitária, na localidade em que se deseja instalar a rede. ?O próximo passo dependerá da disponibilidade das pessoas que integrarão a rede, normalmente de 15 a 30 dias. Os bairros em que a rede foi instalada são Lajinha, Santo Antônio, Novo Santo Antônio, Centenário, Ouro Verde e Condomínio Giarola?,concluiu.
Dicas de segurança para viajar durante as férias
O melhor seria não deixar a casa sozinha, mas se isso não for possível, peça a um vizinho, ou parente, para visitar, diariamente, o imóvel, recolher as correspondências e verificar movimentos estranhos de pessoas.
Não deixe as luzes acesas durante o dia, pois isso significa ausência de moradores. Se possível, instale um aparelho de fotocélula para acender e apagar as luzes externas à noite e de dia, respectivamente;
Deixe algum telefone de contato com um vizinho, parente ou amigo;
Em condomínios fechados ou edifícios, não deixe as chaves na portaria;
É aconselhável que poucas pessoas saibam do sistema de segurança de sua casa;
Suspenda a entrega de jornais e peça para um vizinho recolher a correspondência;
Não deixe joias ou dinheiro dentro de casa, mesmo que seja em cofre. Utilize o cofre de bancos;
No caso de residências com jardim na frente, contrate alguém para mantê-lo limpo, evitando o aspecto de abandono;
Só deixe a chave com pessoas de absoluta confiança;
Evite colocar cadeados do lado externo do portão. Isso poderá evidenciar a saída dos moradores;
Desligue a campainha. Assim, você deixa em dúvida quem usá-la apenas para verificar se há alguém em casa;
Reforce portas e janelas com fechaduras auxiliares.

Imprimir
Comentários