A Polícia Militar divulgou no final da tarde desta terça-feira (28), detalhes sobre o assassinato registrado na rua Goiabeiras, no bairro Geraldo Veloso em Formiga, na manhã do mesmo dia.

Segundo o 63º Batalhão da Polícia Militar, ao atenderem a ocorrência de assassinato, militares chegaram à casa de Antônio Márcio da Silva, de 52 anos, e o encontraram sem camisa, com a calça de moletom abaixada até a altura do joelho e com oito perfurações, uma na altura do pescoço, uma na altura do tórax e as demais na barriga.

No local, foi encontrada ao lado do corpo uma pequena faca com cabo de madeira, com a lâmina de aproximados 10 cm, torta, com a ponta quebrada e suja de sangue caída ao lado do corpo, que, aparentemente, foi arrastado após o crime. A casa não havia sido revirada, porém uma pochete de uso da vítima estava vazia, podendo identificar um possível roubo seguido de morte (latrocínio).

Em um primeiro momento, as informações sobre o caso foram repassadas a PM por um homem de 41 anos. Ele afirmou que ia diariamente até a casa de Antônio para alimentar o cachorro da vítima. Mas ao se dirigir para a residência nesta terça, se encontrou com outros três amigos, com idades de 35, 38 e 42 anos, e na companhia deles foi ao local e ao abrir o portão, se deparou com a vítima caída na garagem ao lado de uma grande poça de sangue. Eles entraram na casa e pegaram o telefone da vítima para ligar para os familiares para avisar sobre o ocorrido.

Os outros três homens, que supostamente também estavam presentes no momento em que o corpo foi encontrado, foram ouvidos pela polícia, mas passaram a fornecer informações contraditórias sobre o caso. Chegaram a apontar outras duas pessoas e citaram o fato de a vítima ter divulgado no dia anterior em um bar, que possuía uma grande quantidade em dinheiro guardada na pochete que usava no momento, mas afirmaram que a mesma pochete estava vazia no momento que encontraram o corpo.

Diante das contradições, os militares suspeitaram dos indivíduos, sendo realizadas buscas nas residências deles, sendo que em uma delas foi encontrada e apreendida uma calça jeans molhada. Os suspeitos foram levados para a delegacia para prestarem mais esclarecimentos.

Ainda não há confirmação sobre a autoria do crime.

 

Fonte: Polícia Militar ||

print

Comentários