Na madrugada desta terça-feira (7), a Polícia Militar foi comunicada de que uma camionete Toyota Hilux havia acabado de sair de um supermercado no centro da cidade e, segundo testemunhas, seus ocupantes teriam furtado alguns colchões que estavam em exposição num estande montado no interior do estacionamento do supermercado.
Enquanto se dirigiam para o local, os policiais receberam informações de que os suspeitos estavam retornando ao supermercado. Quando chegaram ao local, os policiais perceberam que vários colchões estavam fora do estande e abordaram a condutora da camionete e também o seu companheiro, ambos conhecidos no meio policial por vários delitos. Os policiais ao fazerem uma averiguação mais criteriosa constataram que havia fitas pretas coladas nas placas do veículo com o intuito de descaracterizá-lo.
Ao questionar a suspeita, ela negou que estaria ali para roubar os colchões, sendo logo desmentida pela testemunha que viu quando o seu parceiro retirava os colchões do estande e os colocava do lado de fora do estacionamento do supermercado.
A suspeita também negou que havia produtos roubados em sua residência, e, diante da negativa, a polícia foi até a casa da mulher encontrando um colchão de casal, que segundo um funcionário do estande, este colchão também havia sido roubado na terça-feira, avaliado em R$2.305 e também três travesseiros avaliados em R$475, furtados no mesmo dia. Havia também outro colchão que estava sendo usado pelo casal e que foi furtado no domingo (5) no valor de R$4.490.
A polícia já havia registrado nos últimos dias outros roubos de colchões e travesseiros no mesmo local, que somados chegam ao valor aproximado de R$14 mil, porém, eles não foram localizados. Os suspeitos mesmo com os materiais encontrados em sua residência continuavam negando o envolvimento no crime e também não informaram a localização das outras mercadorias roubadas.
De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos em momento algum colaboraram durante o andamento da ocorrência e o rapaz ainda ameaçou um agente da Polícia Civil que estava presente.
Diante dos fatos, a Polícia Militar prendeu os suspeitos em flagrante e o veículo usado para o roubo foi apreendido por adulteração nas placas.
O suspeito tem várias passagens pela polícia pelos crimes de roubo, furto e tráfico de entorpecentes e é também suspeito de envolvimento em assaltos que ocorreram recentemente na cidade. A suspeita tem passagem por tráfico de drogas.

Imprimir
Comentários