Animais estariam brigando pelo pouco alimento disponível durante o inverno.
Local fica no nordeste da China e frio da região afasta os turistas

Um tigre de um parque de vida selvagem no nordeste da China foi comido por quatro outros tigres em uma luta pela pouca comida disponível,afirmou o oficial do parque.
O parque Bing Chuan, na cidade de Shenyang, depende dos ingressos vendidos para obter a maior parte de sua renda, mas o tempo frio tem diminuído a quantidade de visitantes, afirmou o oficial, que se identificou apenas pelo sobrenome, Li. ?O inverno no nordeste da China é muito frio, ninguém quer vir ao zoológico, então há praticamente nenhum visitante?, disse ele em uma entrevista por telefone.
Todos os tigres eram machos e tinham entre 12 e 13 anos.
O ocorrido aponta uma triste ironia nas tentativas chinesas de salvar seus tigres, cada vez em menor número. Enquanto poucos permanecem vivos na natureza, cerca de 4 mil são mantidos em fazendas. Pequenos números vivem em zoológicos e parques de vida selvagem, que quase sempre possuem mais do que conseguem lidar ?- o que faz alguns pedirem o fim da proibição da criação e morte de tigres para venda de suas peles e ossos.
As estimativas mundiais indicam que algo entre 3 mil e 5 mil tigres permanecem vivos no mundo. No entanto, os ambientalistas acreditam que o número é exagerado.
O parque Bing Chuan tem mais de 30 tigres, que normalmente recebem cerca de 5 kg de frango congelado e carne por dia. Segundo Li, no momento, eles estão recebendo menos do que isso. De acordo com o funcionário, os animais do parque sobreviveram nos invernos passados com a ajuda de subsídios do governo da cidade. Representantes do parque estariam negociando uma solução.
A administração do local permite que visitantes dirijam seus carros entre tigres, ursos, lobos e outros animais.

print
Comentários