source

A coluna teve acesso à identidade do possível homem que agrediu a equipe de Felipe Titto nesta quinta-feira (07). Um motorista de aplicativo inicialmente identificado como Louis seria o responsável por agredir três funcionárias do ator Globo . A assessora Jéssica Varrasquim quebrou o nariz após ter sido esmurrada pelo agressor. Já a advogada Thatiane Soares foi atropelada depois de descer do carro. Eliane Melo, outra assessora de Titto, ficou ferida no peito e nos braços com arranhões.

Leia também: Equipe de Felipe Titto é agredida por motorista de aplicativo

possível agressor da equipe de Felipe Titto arrow-options
Divulgação

possível agressor da equipe de Felipe Titto

A confusão aconteceu após elas pedirem uma corrida em Pinheiros, na Zona Oeste de São Paulo, para a Expo Imigrantes, na Zona Sul, onde o Felipe Titto faria uma palestra e elas o acompanhariam. O início da discussão foi quando Thatiane pediu para que o motorista parasse o carro, um Toyota Etios vermelho com placa de Curitiba, já que elas não queriam continuar a viagem pois ele estava correndo muito e freando de forma brusca.

Leia também: Após mordida do pet, Felipe Titto contrai infecção e é internado às pressas

“Quando chegamos na porta do evento, a Thati abriu a porta pra descer e ele disse que ele não era o marido dela e perguntou o porquê ela era daquele jeito. Assim que ela desceu, ele passou com o carro por cima da perna dela. Eu só pedi pra parar e ele me acertou com um soco”, contou Jéssica, assessora do ator da Globo .

Leia também: Sem polêmicas! Felipe Titto esclarece ausência em novo clipe do Nego do Borel

“A Jéssica passou por uma cirurgia e deve ter alta hoje até o fim do dia, porque ela quebrou o nariz. A dra Thatiane foi atendida e teve alta ontem mesmo. Elas ainda não fizeram um boletim de ocorrência porque as três estavam machucadas e foram direto pro hospital. O Titto, mesmo mancando por conta do problema na perna em decorrência da mordida que ele levou do cachorro dele, deu todo o suporto para elas naquele momento. Os contratantes entenderam toda a situação e liberaram a gente do evento depois que elas ligaram pedindo ajuda”, disse Luciéllio Guimarães, empresário de Felipe Titto .

Fonte: IG GENTE
Imprimir