O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais inicia suas atividades no Posto Avançado de Bombeiros na cidade de Arcos a partir desta segunda-feira (23).

Além de um aliado nas ações de gestão e resposta ao coronavírus, os profissionais estarão à disposição da sociedade para atendimento às demandas referentes à:

*Atendimento Pré Hospitalar (Casos clínicos e traumas);

*Salvamentos de pessoas, animais e bens;

*Ações de combate e prevenção a incêndios e explosões;

*Ações de Proteção e Defesa Civil;

De início, a corporação será responsável pelos atendimentos operacionais nos municípios de Arcos, Iguatama, Lagoa da Prata e Japaraíba.

Os bombeiros estarão disponíveis 24 horas pelos telefones 193 e (37) 3351-2573.

As atividades serão antecipadas após a solicitação do prefeito de Arcos Denilson Teixeira realizar uma visita ao comando do Corpo de Bombeiros em Belo Horizonte, no dia 16 deste mês.

De acordo com Denilson, não é mais possível esperar por uma inauguração. “O prédio já está pronto e equipado para receber o Corpo de Bombeiros. Estávamos aguardando uma agenda do governador que faz questão de participar deste momento, juntamente com o comando geral do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. No entanto, achei prudente que iniciássemos as atividades, devido as medidas preventivas do coronavírus, e posteriormente, em momento oportuno, faremos a inauguração oficial. O comandante do Corpo de Bombeiros entendeu nossa preocupação e garantiu que a partir de segunda o posto estará em pleno funcionamento”.

A unidade contará com 18 bombeiros militares, que já foram preparados para atuarem no município, além da equipe do Samu e da Defesa Civil. “O início das operações do Posto Avançado foi comemorado pela população arcoense, que tem considerado este feito uma grande conquista, principalmente no sentido de entender que essa iniciativa irá proporcionar mais agilidade nos serviços ofertados pela corporação, como: ações preventivas e de combate a incêndios, de proteção do patrimônio público e privado, e, em destaque, no socorro a vida de pessoas em situação de risco”, declarou a administração municipal.  

Fonte: Corpo de Bombeiros

Imprimir
Comentários