Decorridos mais de dez meses de governo, a revitalização da praça Rubens Dalariva, iniciada no governo anterior, continua sem solução de continuidade. E o que é pior, aquele local, tem sido aos poucos transformado em depósito de lixo a céu aberto.
A vizinhança que reclama, garante que o lixo ali depositado tem origens diferentes e assim sendo, imagina-se é carreado de outras paragens mais distantes.
Sem entrar no mérito da questão, já que filho feio não tem pai, acredita-se que o entulho e o lixo que diariamente ali incomodam a tantos que transitam pelas imediações, uma coisa é certeza: o mato, o entulho e o lixo, se ali estão, é porque a administração pública não tem cumprido com suas obrigações básicas e, ao que parece, a limpeza e a manutenção dos logradouros públicos, é uma delas.
Em se tratando de uma ?quase praça pública? ou simplesmente de um arremedo de praça, é preciso lembrar às autoridades competentes que apesar dos pesares, diariamente, crianças acompanhadas ou não, de seus pais ou responsáveis, fazem daquele local um ponto para o exercício de suas brincadeiras. A falta de calçadas e as armadilhas abertas (veja foto) se transformam em ?armas? pela incúria e descaso da atual administração para com a coisa pública. Assim sendo…

Imprimir
Comentários