Por Lorene Pedrosa 

O chefe do poder Executivo de Formiga, Eugênio Vilela, esteve na quarta-feira (23) na Câmara Municipal e participou da Reunião Especial, solicitada pelo vereador Sidney Ferreira, em conformidade com o artigo 50 da Lei Orgânica do Município, que concede à Mesa Diretora do Legislativo o poder de convocar o prefeito uma vez por ano para apresentar o que já foi feito e quais os planos para o futuro do município.

Para quem esperava uma reunião com muitas cobranças ao chefe do Executivo, principalmente após as últimas reuniões quando foram feitas várias críticas por parte de alguns vereadores, se surpreendeu com o clima ameno e amigável do encontro.

Além de prestar contas, o prefeito respondeu a alguns poucos questionamentos feitos pelos sete vereadores presentes (Evandro Donizeth da Cunha – Piruca/PSL, Marcelo Fernandes/PCdoB, Flávio Couto/PSC, Sidney Ferreira/PDT, Mauro César/SD, Joice Alvarenga/PT e José Geraldo da Cunha – Cabo Cunha/PMN).

Dentre as questões abordadas, respondendo ao vereador Cabo Cunha, Eugênio confirmou a realização do tão esperado concurso público para a Prefeitura, Previfor e Saae e adiantou que serão abertas 353 vagas no total.

Em 8 de janeiro deste ano foi publicada a Portaria 3.453, no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, onde se nomeou uma comissão para levantamento das informações e acompanhamento dos trabalhos necessários para a realização do concurso. Segundo informou o prefeito, os trabalhos na comissão já estavam concluídos e na quarta-feira (23), os levantamentos feitos foram repassados para o setor de licitações que agora se incumbirá de contratar a empresa que organizará o certame.

“Após a elaboração do edital, o que será feito pela empresa vencedora da licitação, ele [edital] será enviado ao Tribunal de Contas e é necessário esperar por 60 dias. Tem todo esse formalismo (sic) mesmo. A nossa intensão [de realizar o concurso] era outubro ou no máximo novembro, mas dependerá da empresa contratada que precisará cumprir com alguns prazos, mas o mais importante nós já temos: a seleção de vagas para cada cargo na Prefeitura, Previfor e Saae”, informou Eugênio.

Os concursos não serão realizados na mesma data para possibilitar que as pessoas interessadas façam mais de uma prova. Porém, as datas das provas serão próximas. “Possivelmente, as provas serão aplicadas em dois finais de semana seguidos”.

Dados apresentados

Eugênio abriu a reunião apresentando a situação econômica da Prefeitura que até o dia 30 de abril tinha a receber mais de R$10.066 milhões, mais valores referentes à área da Saúde, cujos atrasos nos repasses já somam mais de R$9 milhões.

Já a dívida ativa com a administração até 30 do mês passado já estava próxima dos R$18 milhões. Em contrapartida, somente em precatórios, a Prefeitura terá que pagar neste ano mais de R$1,5 milhão.

Eugênio ainda apresentou as obras e modificações feitas pela gestão dele em diversas secretarias. O prefeito voltou a confirmar a conclusão dos serviços da pavimentação das ruas licitadas ainda na gestão de Moacir Ribeiro, asfaltamento da via de acesso ao bairro Cidade Nova, que deverá começar em breve, pavimentação e construção da rede de esgoto do bairro Andorinhas, pavimentação das ruas do bairro Balbino Ribeiro e das ruas dos Motoristas e Professores no bairro Santa Teresa, conclusão da construção do Creas, no Engenho de Serra, e do Centro de Educação Infantil no bairro Geraldo Veloso, dentre outras obras.

Outros questionamentos

Praia Popular – Respondendo ao questionamento do vereador Sidney Ferreira sobre a revitalização do parque municipal Dr. Leopoldo Corrêa que, de acordo com o contrato da obra, já deveria estar pronta desde janeiro, o prefeito informou que os trabalhos atrasaram devido ao serviço de terraplenagem que foi prejudicado pelo período de chuva. Mas que as obras já estão com o cronograma concluído em 88 % e que em dois meses a obra será entregue.

Operação Tapa BuracosMais uma vez paralisada, dessa vez, segundo o prefeito, devido à greve dos caminhoneiros que impede a chegada de material à Formiga, a operação tapa buracos foi concluída em 50% no município.

Barragem de CaptaçãoA respeito da construção da barragem de captação de água do Saae, Eugênio informou que o projeto que será executado no mesmo local onde fica a atual barragem da cidade, já está pronto. Mostrou inclusive a planta baixa do que se pretende fazer em termos de modificações para que a área passe a reservar quantidade de água suficiente para que a cidade passe a ter independência hídrica. O grande problema é a verba que custeará tal obra cujos custos devem chegar, segundo Eugênio a R$9 milhões. “Estamos cadastrando o projeto junto ao Ministério das cidades, porque um volume desse de recursos não se consegue por meio de emenda parlamentar, só por financiamento. No início de junho estaremos em Brasília para apresentar o nosso projeto e buscar o financiamento”.

Estação de Tratamento de Esgoto Segundo dados da administração, a obra que já deveria ter sido entregue em 2015, está hoje com 63,34% do cronograma finalizado. “A obra terá que ser concluída até dezembro, ou, pelo menos ultrapassarmos 85% de conclusão para a reprogramação das obras, cujo pedido já está na Caixa. Durante o ano passado, praticamente nada foi feito, já que a liberação da licença de operação necessária da Supram [pedida em dezembro de 2016] para o prosseguimento das obras, só foi emitida em setembro, por isso tamanho atraso”, explicou Eugênio.

Durante a Reunião Especial, o prefeito esteve acompanhado do alto escalão da administração municipal, estando presente, inclusive, o vice-prefeito e secretário de Educação e Esporte Cid Corrêa.

Foto: Lorene Pedrosa/Últimas Notícias

Imprimir

Comentários