Prefeito mineiro é vítima de atentado a tiros

O Joel Ferreira Lima (PT), de 49 foi alvejado com seis tiros, em uma festa na zona rural de Ibiracatu. No dia 9 deste mês o prefeito de Ressaquinha também foi vítima de um atentado.

O Joel Ferreira Lima (PT), de 49 foi alvejado com seis tiros, em uma festa na zona rural de Ibiracatu. No dia 9 deste mês o prefeito de Ressaquinha também foi vítima de um atentado.

Dois jovens tentaram assassinar o prefeito de Ibiracatu, município na região Norte de Minas Gerais, na noite de sábado (18). Joel Ferreira Lima (PT), de 49 anos, participava de uma festa no povoado de Alforges.
De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), o prefeito foi abordado ao entrar em uma caminhonete da Prefeitura e acabou alvejado seis vezes. Um dos tiros o atingiu em um olho, outro na clavícula e o restante no abdômen.
A princípio o político foi levado para o Hospital Municipal de Varzelândia, sua cidade natal, e acabou transferido para Brasília de Minas, e, em seguida, para a Santa Casa de Montes Claros.
O prefeito passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável. As informações iniciais dão conta que o mandatário da cidade deve perder a visão do olho atingido.
Testemunhas não reconheceram os dois suspeitos e não souberam informar como eles chegaram e fugiram do local. A PM trabalha com as hipóteses de motivação política e até mesmo de vingança, por algumas demissões feitas pela prefeitura recentemente.
O caso deve ficar a cargo da delegacia de de Polícia Civil de Januária. O diretório estadual do PT disse que aguarda o resultado das investigações para se manifestar.
Ressaquinha
No dia 9 deste mês, o prefeito de Ressaquinha, na região Central do Estado, também foi vítima de um atentado a tiros. Denilson Alberto da Cruz (PT), de 48 anos, dirigia um dos carros da Prefeitura quando foi fechado por uma motocicleta ocupada por dois homens. Um deles atirou contra o veículo. Após o crime, os suspeitos fugiram. A motivação do crime ainda é desconhecida.
Para tentar se desvencilhar dos criminosos, Cruz levou o veículo para fora da rodovia. Depois de jogar o carro para um barranco, eu abri a porta do carro e caí no chão. Fiquei deitado, quieto e sem fazer barulho. Eles pensaram que eu estava morto e foram embora, relatou. O prefeito não chegou a ser atingido pelos disparos.
Depois do susto, o prefeito retornou ao veículo e seguiu para o Batalhão da Polícia Militar (PM) da cidade. Um boletim de ocorrência foi registrado. A perícia da Polícia Civil esteve na BR e realizou trabalhos na rodovia e no Volkswagen Voyage prata, que foi atingido por dois tiros. Os suspeitos não foram encontrados. O político acredita que a ação tenha sido motivada por opositores.

print
Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Prefeito mineiro é vítima de atentado a tiros

O Joel Ferreira Lima (PT), de 49 foi alvejado com seis tiros, em uma festa na zona rural de Ibiracatu. No dia 9 deste mês o prefeito de Ressaquinha também foi vítima de um atentado.

O Joel Ferreira Lima (PT), de 49 foi alvejado com seis tiros, em uma festa na zona rural de Ibiracatu. No dia 9 deste mês o prefeito de Ressaquinha também foi vítima de um atentado.

 

Dois jovens tentaram assassinar o prefeito de Ibiracatu, município na região Norte de Minas Gerais, na noite de sábado (18). Joel Ferreira Lima (PT), de 49 anos, participava de uma festa no povoado de Alforges.

De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), o prefeito foi abordado ao entrar em uma caminhonete da Prefeitura e acabou alvejado seis vezes. Um dos tiros o atingiu em um olho, outro na clavícula e o restante no abdômen.

A princípio o político foi levado para o Hospital Municipal de Varzelândia, sua cidade natal, e acabou transferido para Brasília de Minas, e, em seguida, para a Santa Casa de Montes Claros.

O prefeito passou por cirurgia e seu estado de saúde é estável. As informações iniciais dão conta que o mandatário da cidade deve perder a visão do olho atingido.

Testemunhas não reconheceram os dois suspeitos e não souberam informar como eles chegaram e fugiram do local. A PM trabalha com as hipóteses de motivação política e até mesmo de vingança, por algumas demissões feitas pela prefeitura recentemente.

O caso deve ficar a cargo da delegacia de de Polícia Civil de Januária. O diretório estadual do PT disse que aguarda o resultado das investigações para se manifestar.

 

Ressaquinha

No dia 9 deste mês, o prefeito de Ressaquinha, na região Central do Estado, também foi vítima de um atentado a tiros. Denilson Alberto da Cruz (PT), de 48 anos, dirigia um dos carros da Prefeitura quando foi fechado por uma motocicleta ocupada por dois homens. Um deles atirou contra o veículo. Após o crime, os suspeitos fugiram. A motivação do crime ainda é desconhecida.

Para tentar se desvencilhar dos criminosos, Cruz levou o veículo para fora da rodovia. “Depois de jogar o carro para um barranco, eu abri a porta do carro e caí no chão. Fiquei deitado, quieto e sem fazer barulho. Eles pensaram que eu estava morto e foram embora”, relatou. O prefeito não chegou a ser atingido pelos disparos.

Depois do susto, o prefeito retornou ao veículo e seguiu para o Batalhão da Polícia Militar (PM) da cidade. Um boletim de ocorrência foi registrado. A perícia da Polícia Civil esteve na BR e realizou trabalhos na rodovia e no Volkswagen Voyage prata, que foi atingido por dois tiros. Os suspeitos não foram encontrados. O político acredita que a ação tenha sido motivada por opositores.

Redação do Jornal Nova Imprensa O Tempo

Comentários

Sobre o autor

André Ribeiro

Designer do portal Últimas Notícias, especializado em ricas experiências de interação para a web. Tecnófilo por natureza e apaixonado por design gráfico. É graduado em Bacharelado em Sistemas de Informação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais.

Últimas Notícias