(Fotos: Gleiton Arantes)

Gleiton Arantes

Após a reunião da Câmara Municipal dessa segunda-feira (28), alguns assuntos que foram destaques na imprensa de Formiga como a aquisição de um mamógrafo e a conclusão da pavimentação de 20 ruas do município parecem ter, enfim, ganhado uma solução.
As boas notícias foram dadas pessoalmente pelo prefeito de Formiga, Eduardo Brás que fez uso da ‘Tribuna do Povo’ e ainda prestou contas aos vereadores e à população sobre seus quase 3 meses de gestão.

“Estamos enfrentando problemas em quase todas as áreas. Mudamos alguns secretários e criamos uma comissão para analisar as despesas, com isso vários pagamentos do município estão suspensos. Mas hoje, você percebe que os funcionários trabalham com mais entusiasmo para atender bem a população”, comentou o prefeito.

Eduardo assumiu a Prefeitura de Formiga no dia 5 de setembro após o afastamento, por determinação da Justiça, de Moacir Ribeiro.

Sobras orçamentárias

Até o fim de dezembro, a Câmara terá que devolver cerca de R$260 mil para a Prefeitura, referentes às sobras orçamentárias. É com esse valor que o prefeito pretende dar andamento a dois pedidos importantes da população: compra do mamógrafo e término das obras de pavimentação de 20 ruas do município.

Mamógrafo

O equipamento  no valor de R$350 mil é considerado indispensável para a identificação precoce do câncer que mais mata mulheres no Brasil, mesmo tendo grandes chances de cura.

Em Formiga, o equipamento está quebrado há mais de um ano. Diante do problema, a Câmara passou a pressionar o Executivo, trancando a pauta de votações e fazendo insistentes questionamentos ao secretário de Saúde, Ronan Rodrigues, que acompanhou o prefeito nessa segunda, quando a notícia da compra foi dada. “Nesta segunda-feira, eu solicitei ao secretário de Saúde, que fizesse um processo licitatório para a compra do mamógrafo analógico. É um aparelho que ficará para o município, a entrega deve ocorrer em 30 dias e eu nem estarei mais à frente da Prefeitura. O importante é que fique esse legado. Dei minha palavra sobre a aquisição do mamógrafo e venho buscando soluções. Se tivesse que escolher entre o mamógrafo e o calçamento dessas ruas eu viria aqui antes expor o problema para vocês. Prefiro sair com a cabeça erguida do que com vergonha da população”,comentou Eduardo Brás, ao dar a notícia.

Pavimentação de ruas

Problema que tem trazido incômodo e revoltado a população, a pavimentação das ruas não foi pauta apenas para o prefeito. Já estava agendado para a reunião o uso da ‘Tribuna do Povo’, por parte da moradora do bairro Santa Tereza, Alessandra Inês Campos,que acompanhada de um grupo de moradores, falou sobre o calçamento de 20 ruas da cidade.

A moradora Alessandra Inês Campos

O trabalho estava sendo feito pela Construtora  Niemayer LTDA e chegou a ser paralisado. A construtora alegou que retomaria o serviço após o pagamento da contrapartida.

Em uma das reuniões do Legislativo, a Mesa Diretora fez o compromisso de quando a empresa retomasse os trabalhos,  seriam direcionados R$90 mil, das sobras da Câmara, como parte da contrapartida que gira em torno de R$370 mil. Na ocasião, ainda na reunião dessa semana, o cheque com o valor foi repassado ao prefeito.

Alessandra Campos mostrou a situação de algumas ruas por meio de fotos e, em sua fala, explicou que o grupo em momento algum tentou sobrepor aos problemas da saúde do município. Os trabalhos foram retomados pela Niemayer no dia 22 deste mês.

“Tem gente que mora nesses lugares há 30 anos e sofre com a situação crítica dessas ruas. Conseguimos essa verba e não seria justo perde-la. É preciso que o Executivo e a Câmara olhem para esses bairros mais afastados e não só para o Centro. O prefeito nos deu a palavra de que essas obras seriam retomadas e isso foi documentado em ata. Longe de nós dizermos que a Câmara estava travando o desenvolvimento da cidade. Batemos aqui [Legislativo]e no Executivo para solucionar esse problema e agradecemos  o espaço que nos foi dado”, disse.

Cheque de R$90 mil repassado para a Prefeitura como parte da contrapartida para calçamento das ruas

Em relação ao asfaltamento, Eduardo Brás explicou que as obras já foram retomadas e que o problema está prestes a terminar.“Veio emendas parlamentares para o calçamento dessas ruas e ficamos responsáveis pela contrapartida”, finalizou o prefeito.

Imprimir

Comentários