A Prefeitura de Divinópolis anunciou nesta segunda-feira (15), que por causa da Onda Roxa do programa “Minas Consciente”, decidiu antecipar as férias da rede municipal de ensino.

A decisão afeta cerca de 12 mil estudantes matriculados na educação infantil, ensino fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA). Conforme a Secretaria Municipal de Educação (Semed), a decisão é válida até o dia 29 de março.

A secretária municipal de Educação, Andreia Carla Ferreira Dimas, disse que por se tratar de escola pública muitos pais buscam as atividades nas secretarias, entretanto, por causa das restrições isso não seria permitido. Portanto, houve a necessidade de adiantar o período de férias que ocorreriam entre 19 de julho a 2 de agosto.

Entenda o caso

No sábado (13), após o encontro do colegiado de prefeitos da Macrorregião Oeste, foi definida a inserção dos municípios na Onda Roxa. No fim da manhã dessa segunda-feira (15) a vice-prefeita Janete Aparecida disse em entrevista ao MG1 que a partir de agora a cidade irá endurecer ainda mais as medidas contra a Covid-19.

“Tivemos a reunião com o Ministério Público e todas as forças de segurança, onde conversamos sobre a necessidade de cumprimento do novo decreto. Infelizmente por força dos números e não por escolha, Divinópolis foi para a Onda Roxa”, ressaltou.

A etapa mais restritiva do programa, que é imposta aos municípios, prevê funcionamento apenas de serviços essenciais e ‘toque de recolher’ (restrição de circulação) a partir das 20h.  

Fonte: G1

Imprimir
Comentários