A morte de uma moradora de Bom Despacho, de 78 anos, pela Covid-19 foi confirmada nas estatísticas do Boletim Municipal Diário da Prefeitura de Divinópolis, divulgado na noite dessa segunda-feira (11).


Segundo o diretor de Comunicação do Executivo, Evandro Araújo, o óbito foi contabilizado na cidade porque a vítima fazia tratamento no Hospital Santa Lúcia e estava na casa de parentes em Divinópolis desde o dia 12 de março.


No informe desta segunda, a Prefeitura confirmou ainda 119 resultados positivos de coronavírus e outros 169 casos suspeitos descartados. A cidade tem 1.620 notificações da doença.

Morte de idosa
Através de nota emitida pela unidade hospitalar, a paciente morreu no sábado (9), era obesa, hipertensa e tinha histórico de infecção urinária de repetição. A idosa estava internada desde o dia 5 de abril, foi transferida para o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) por disfunção renal. Ela precisou de hemodiálise e estava com suporte ventilatório prolongado.


Segundo a Prefeitura, no dia 12 de março, a paciente teve uma infecção urinária e foi levada por alguns parentes de Divinópolis, para se tratar na cidade. Na ocasião, ela fez o tratamento para curar a infecção, mas continuou abrigada na casa da família.


Dias depois a idosa apresentou os sintomas da Covid-19, e fez o teste que confirmou a doença. Desde então, a paciente não retornou para Bom Despacho conforme a Prefeitura.

Internados e atendidos
Até esta segunda-feira, são 965 atendimentos de pacientes internados ou atendidos no ambulatório, que estão em isolamento domiciliar em Divinópolis. Os dados são dos hospitais Santa Lúcia, Santa Mônica, São Judas Tadeu, e Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD).

São 29 pacientes internados nos setores de enfermaria de Divinópolis, com quadro clínico compatível com a Covid-19; outros 16 estão internados no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).

Fonte: G1

Imprimir
Comentários