A Prefeitura de Formiga solicitou à Polícia Federal a devolução dos documentos que foram apreendidos na cidade durante a Operação João de Barro, realizada no dia 25 de junho em 119 prefeituras do Brasil.
O prefeito de Formiga foi ouvido na segunda-feira, 11, na Polícia Federal de Belo Horizonte, onde pediu agilidade nos trabalhos e a devolução dos documentos. Agora, aguarda-se a análise do inquérito pela CGU (Controladoria Geral da União)
Com a devolução dos documentos os processos em Formiga retomam o curso normal de tramitação. O Prefeito afirma que está tranqüilo e que confia na rápida finalização do inquérito.

Imprimir