O número de desabrigados em Formiga cresce à medida que a quantidade de chuva aumenta na região. Por isso, para evitar um sofrimento maior daqueles que perderam as moradias e os bens, a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Humano, divulgou o número da conta para depósito.
Quem quiser ajudar pode fazer um depósito na conta do Grupo de Ação Social João Paulo II (GAS), no Banco do Brasil, agência 0212-7, conta corrente 38.572-7.
O grupo é dirigido por Ademar Nascimento, da Casa 2000, e Rui, da Amep. O dinheiro arrecadado será utilizado no pagamento do aluguel social para aqueles que tiveram que deixar suas residências.
De acordo com a coordenadora do Sistema Único de Assistência Social (Suas), Joice Alvarenga, tem duas famílias abrigadas no Cras II: uma que vivia no bairro Alvorada e a outra na Vila Colorida. Na Escola Municipal Miralda da Silva Carvalho há uma família com oito crianças.
Joice Alvarenga explicou que os desabrigados assistidos pelo Serviço Social da Prefeitura recebem almoço, orientação psicológica e ajuda médica.
Nesta segunda-feira (9), havia 40 desabrigados, porém, o número caiu para 11 nesta terça-feira (10), pois alguns estão em casa de parentes e outros foram transferidos para o Residencial Vila Nova das Formigas e para o bairro Cidade Nova. A Prefeitura emprestará as residências até surgir um auxílio aluguel ou quando novas moradias do programa federal ?Minha Casa, Minha Vida? estiverem prontas.
Segundo Joice Alvarenga, a sociedade formiguense está ajudando bastante as vítimas das chuvas com a doação de cestas básicas, kit de higiene, colchões, roupas e outros materiais. No momento, podem ser doados com mais urgência colchão, roupas e fraudas. Interessados em ajudar podem comparecer ao Cras II, que está localizado na rua Agostinho Teles de Castro, 320, e na Escola Miralda da Silva Carvalho, na rua Suíça, s/nº, ambas no bairro Nossa Senhora de Lourdes.

Imprimir
Comentários