Diante de reportagem divulgada por um jornal e uma rádio de Formiga, nesta sexta-feira (22), a Prefeitura emitiu nota nesta tarde esclarecendo pontos importantes não mencionados pelos jornalistas, o que torna a notícia incompleta.

De acordo com a administração municipal, a informação completa, mostraria que as medidas tomadas até agora estão sendo eficazes e devem continuar sendo priorizadas para evitar tal situação mostrada pelos jornais.

1 –  O título do jornal diz: “Ministério da Saúde fala em mais de 700 mortes em Formiga por Covid-19”.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, no simulador, esse seria o cenário nos próximos 70 dias, se não houvesse nenhuma medida de enfrentamento e prevenção à doença na cidade. O simulador do Ministério da Saúde emite números em diversos cenários prováveis e foi utilizado apenas um cenário, e que não condiz com a nossa atual realidade. A calculadora pode ser programada, também, com o percentual de isolamento social, medida que favorece a diminuição de casos da doença e, consequentemente, a preservação do sistema de saúde e de vidas.

2 – Pesquisa sobre percentual da população usando máscaras: A “pesquisa” não foi feita por órgão técnico especializado em pesquisas, sendo as constatações relatadas apenas de forma visual dos jornalistas, em alguns pontos da cidade, durante meia hora e sem comprovação da informação por meio de fotos, assinatura ou consentimento dos envolvidos. Pesquisas devem levar em consideração fatores técnicos de amostragem, respeitando ainda margem de erro, o que também não é percebido em “tal pesquisa”.

A Diretoria de Comunicação e a Secretaria Municipal de Saúde produziram este vídeo explicativo sobre o funcionamento do simulador em diversos cenários. O secretário de Saúde, Leandro Pimentel, mostra como os números da doença podem ser controlados com o apoio da nossa população.

O simulador do Ministério da Saúde está disponível no link

https://youtu.be/Zfrd3bQE7dE

Fonte: Decom

Imprimir
Comentários