O presidente da ALAGO, prefeito de Cristais Djalma Francisco Carvalho, está em Brasília desde segunda-feira (10), fazendo uma peregrinação por varias autoridades em busca de apoio pela manutenção das águas de Furnas e Peixoto em níveis mínimos capazes de atender ao seu uso múltiplo.

Na reunião ocorrida nesta quinta-feira (13), na Agência Nacional das Aguas  e Saneamento Básico, foi discutido sobre a defesa de implementar a cota mínima  762 em Furnas em 663 Peixoto.

Sobre o pedido do Presidente da ALAGO Djalma Francisco Carvalho a presidente e diretora Christianne Dias, para manutenção da Resolução 63 de 12.02.2021, que dispõe sobre as condições complementares à outorga para a operação dos reservatórios de FURNAS e MASCARENHAS DE MORAIS, estabelecendo uma vazão mínima de 400m³/s para a hidrelétrica de Furnas e de 370m³/s para Peixoto, como condição para garantir a segurança hídrica e uma melhor situação dos níveis de águas desses reservatórios para os próximos meses em que haverá escassez de chuvas.

Fonte: Alago

Imprimir
Comentários