O presidente do Legislativo, Juarez Carvalho, fez uso da ?Tribuna do Povo?, na reunião desta semana, e falou sobre diversos assuntos referentes aos trabalhos da Câmara Municipal neste ano.
Juarez pediu a colaboração dos demais colegas e disse que as próximas reuniões serão cronometradas. Ele falou também sobre o balancete financeiro referente ao mês de janeiro. Um saldo positivo no valor de R$148.304,98.
O vereador informou sobre as publicações da Câmara por meio da Associação Mineira dos Municípios. O gasto em 2013 foi de R$3.600 anual. Já nos gastos da Prefeitura, o valor foi de R$692.796, somente no ano passado.
?A Prefeitura também poderia ter gasto este mesmo valor. Só com panfletos e propagandas, foram gastos mais de R$1 milhão, em 2013?.
O presidente da Casa solicitou que o prefeito Moacir Ribeiro não acuse mais a Câmara de travar o desenvolvimento do município, por meio de votação de projetos.
?Estivemos no Ministério Público e explicamos ao promotor o desejo da Câmara em adotar a praça Ferreira Pires e o canteiro em frente à Casa Legislativa. Outro assunto discutido com o promotor foi a aquisição do prédio onde funciona a Câmara Municipal?.
Juarez Carvalho falou ainda sobre a situação da Praia Popular e da saúde em cidades da região. Alguns vereadores foram contra alguns assuntos mencionados por Juarez, como a questão de adotar a praça Ferreira Pires. ?Tem Postos de Saúde sem médicos. E não devemos ter uma atribuição que não seja nossa e sim do Executivo. Ou então, que vejamos o que está faltando e compramos com as sobras da Câmara. Então, que o senhor retire esse pedido?, disse Cabo Cunha.

Imprimir
Comentários