Fontes da Secretaria de Saúde de Belo Horizonte confirmaram neste domingo (23) a primeira morte causada pela nova gripe na capital mineira. A vítima foi uma mulher de 26 anos, que estava grávida.
Conforme informações do hospital, a mulher foi internada em 26 de julho, quando estava com 38 semanas de gestação. Ela foi para a UTI no dia 28 de julho e por causa da piora no quadro, a equipe médica decidiu interromper a gravidez.
O bebê nasceu e permaneceu menos de 72 horas em uma UTI pediátrica. Com a melhora, teve alta em 1º de agosto. Ainda de acordo com informações do hospital, a criança não apresentou sinais de contaminação.
A mãe, entretanto, teve piora progressiva e faleceu em 23 de agosto. Mas o governo estadual disse que ainda não recebeu notificação oficial da morte dessa paciente. Em Belo Horizonte, já foram confirmados 131 casos da doença.

print
Comentários