Um caminhoneiro de 29 anos foi primeira vítima da doença no país. Ele morreu na manhã deste domingo (28), em Passo Fundo (RS). Segundo informações da Secretaria Estadual da Saúde do Rio Grande do Sul, o paciente apresentou os primeiros sintomas da gripe em 15 de junho, durante viagem à Argentina. O paciente voltou a Erechim em 19 de junho e, no dia seguinte, procurou atendimento médico; depois foi transferido para outra cidade. O caminhoneiro teria apresentado um quadro de pneumonia.
No velório, a Secretaria Municipal de Saúde determinou que, a partir das 20h, somente pessoas com suspeita de ter o vírus da gripe poderiam entrar na capela. O caminhoneiro teria ido a Buenos Aires para levar uma carga de copos plásticos e, na volta, trouxe um carregamento de azeitonas em conserva. Ele chegou e disse que não conseguiu dormir naquela noite por causa de uma dor de cabeça. Como pode um guri forte daqueles morrer? , lamentou o tio.
A equipe médica que o atendeu também o considerava forte. Era plenamente saudável antes do vírus, fizemos vários exames. Infelizmente, ficou muito tempo com os sintomas antes de procurar ajuda. A doença já havia evoluído para uma pneumonia nos dois pulmões, disse Julio César Stobbe, vice-diretor médico do Hospital São Vicente de Paulo, onde ele faleceu.

Balanço
No domingo, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, lamentou a morte do gaúcho e tranquilizou a população. ?No Brasil, até o momento, a grande maioria dos casos apresenta características leves e tem evoluído para a cura, sem problemas, afirmou, em entrevista
De acordo com o ministro, já foram confirmados 627 casos da nova gripe no país – desse total, 40 são do Rio Grande do Sul.

No mesmo estado, uma paciente com diagnóstico positivo permanece internada. E a Secretaria Estadual de Saúde aguarda o resultado de exames sobre as causas da morte de um engenheiro norte-americano. Ele viajava a trabalho, teria apresentado sintomas semelhantes aos da nova gripe e morreu em Montenegro (RS), na sexta-feira (29). O governo gaúcho diz que as análises iniciais indicam que a morte se deu em decorrência de um problema bacteriano. Mas o laudo conclusivo ainda não foi divulgado.

*(Com informações do Zero Hora e do Bom Dia Brasil)

print
Comentários